Plano de avaliação da qualidade da assistência em salas de vacina: uma experiência local

Autores

DOI:

https://doi.org/10.51723/ccs.v32i04.1046

Palavras-chave:

Avaliação de serviços de Saúde, Vacinação, Qualidade da assistência à saúde, Programas de Imunização

Resumo

O Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde preconiza que sejam realizadas avaliações das salas de vacina para verificar melhorias das ações de imunização. Objetivo: apresentar os principais pontos para um plano de avaliação da qualidade da assistência (organização e funcionamento) das salas de vacinas públicas da Região Central de Saúde do Distrito Federal. Método: elaboração de um plano de avaliação do tipo normativo envolvendo a modelização da intervenção e a modelização da avaliação a partir da experiência das autoras e de analise documental. Desenvolvimento: foi elaborado a modelagem da intervenção com definição dos atores, recursos, processos e objetivos; e o plano de avaliação do tipo normativo.Conclusão: o plano de avaliação tem potencial para contribuir com a melhoria do programa de imunização local e tornar a avaliação das salas de vacinas sistemáticas, úteis e indispensáveis.  Garantir a qualidade, legitimidade e eticidade da avaliação são um processo desafiador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Dantas, Secretaria de Saúde do Distrito Federal - SESDF

Enfermeira. Graduação pela Escola Superior de Ciências da Saúde. Secretaria de Saúde do Distrito Federal. 2020. Especialista em Avaliação em Saúde EAD pela Escola Nacional de Saúde Pública/Fiocruz. Brasília, DF, Brasil

Walkiria Gentil Almeida Andreev, Secretaria de Saúde do Distrito Federal - SESDF

Mestre em Avaliação em Saúde. Enfermeira, Secretaria de Saúde do Distrito Federal. 

Gisela Cardoso, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca - Ensp/Fiocruz

Psicóloga. Pesquisadora em Saúde Pública. Doutora em Saúde Coletiva. Laboratório de Avaliação ( LASER) - Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Referências

Brasil. Ministério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde. Manual de Rede de Frio. Elaboração de Cristina Maria Vieira da Rocha et al. 3. ed. Brasília: Ministério da Saúde: Fundação Nacional de Saúde; 2001.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Manual de Normas e Procedimentos para Vacinação. Brasília: Ministério da Saúde; 2014.

Organização Mundial de Saúde (OMS). Temperature sensitivity of vacines. World Health Organization. Geneva; 2006. Abr [acesso em 2021 Jun 12]. https://apps.who.int/iris/handle/10665/69387

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Programa de avaliação do instrumento de supervisão sala de vacinação - PAISSV. Brasília: Ministério da Saúde; 2004.

Companhia de Planejamento do Distrito Federal. Atlas do Distrito Federal. 2020 set. [acesso em 2021 jun 12] Disponível em: http://www.codeplan.df.gov.br/atlas-do-distrito-federal/

Distrito Federal. Secretaria de Saúde do DF. Plano Distrital de Saúde 2020-2023. Brasília; 2019 set. [acesso em 2021 jun 8]. Disponível em: https://www.conass.org.br/wp-content/uploads/2021/04/2020_06_01_PDS-2020-2023_Aprovada_CSDF_v_publicizada.pdf

Grupo Técnico da Comissão Intergestores Tripartite. Diretrizes para Organização das Redes de Atenção à Saúde do SUS. 2010 dez. [acesso em 2021 jun 9]. Disponível em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2016/maio/18/2-B---Documento-de--Diretrizes-para-Organiza----o-das-Redes-de-Aten----o----Sa--de-do-SUS.pdf

Instituto Brasileiro de Geografia e pesquisa (IBGE). Centro de Documentação e Disseminação de Informações. Censo demográfico. 2010. [acesso em 2021 jun 8]. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/93/cd_2010_caracteristicas_populacao_domicilios.pdf

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim epidemiológico [Internet]. Subsecretaria de Vigilância à Saúde; 2018 abr. [acesso em 2021 jun 9]. Brasília, 1(1):1-9. Disponível em: http://www.saude.df.gov.br/wp-conteudo/uploads/2018/04/Boletim-Bimestral-GEVEI-05-04-18.pdf

Distrito Federal. Secretaria de Estado de Saúde. Plano de educação permanente em saúde - PEPS Brasília, 2019. [acesso em 2021 jun 8]. Disponível em: https://info.saude.df.gov.br/wp-content/uploads/2021/06/RAG2019_FINAL.pdf

Furtado J, Vieira-da-Silva LM. Entre os campos científicos e burocráticos: a trajetória da avaliação em saúde no Brasil. In: Aker¬man M, Furtado JP, organizadores. Práticas de avaliação em saúde no Brasil: diálogos. 1. ed. Porto Alegre: Rede Unida; 2016.

Frias, PG; Costa, JMBS; Figueiró, AC; Mendes, MFM; Vidal, AS. Atributos da Qualidade em Saúde. In: Samico, I; Felisberto, E; Figueiró, AC; Frias, PG (Orgs). Avaliação em Saúde: Bases Conceituais e Operacionais. Rio de Janeiro: MedBook; 2010.

Carvalho ALB, Souza MF, Shimizu HE, Senra IMVB, Oliveira KC. A gestão do SUS e as práticas de monitoramento e avaliação: possibilidades e desafios para a construção de uma agenda estratégica. Ciência & Saúde Coletiva [Internet]. 2012 Abr [acesso em 2021 Jun 12]; 17(4):901-911. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-81232012000400012

Santos, MAS. Avaliação do grau de Implementação das ações de vigilância do Plano de Ações Estratégicas de Enfrentamento das Doenças Crônicas não Transmissíveis no Brasil, 2011 – 2022. Projeto (Especialização) – Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Brasília: 2014.

Brousselle A, Champagne F, Contandriopoulos AP, Hartz Z. Modelizar as intervenções. In: Brousselle et al. (Org.). Avaliação: conceitos e métodos. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2011.

Contandriopoulos AP. A avaliação na área da saúde: conceitos e métodos. In: Hartz ZMA (Org.). Avaliação em saúde: dos modelos conceituais à prática na análise de implantação de programas. Rio de Janeiro: Ed. Fiocruz; 1997.

Chianca TK, Marino E, Schiesari L. Avaliando programas sociais: conceitos, princípios e práticas. In: Thomaz Kauark Chianca; Eduardo Marino; Laura Schiesari. (Org.). Desenvolvendo a cultura de avaliação em organizações da sociedade civil. 1. ed. São Paulo: Global Editora e Distribuidora Ltda.; 2001.

Rogers P, Hummelbrunner R. Methodological challenges in using programme theory to evaluate pro-poor and equity-focused programmes. In: Evaluation for equitable development results. New York, NY: Unicef; 2011. [acesso em 2021 jun 2]; Disponível em: https://www.wcasa.org/wp-content/uploads/2020/03/Evaluation_Evaluation-for-Equitable-Developmental-Results.pdf

Donabedian A. The seven pillars of quality. Arch Pathol Lab Med. 1990 Nov; [acesso em 2021 jun 3]; 114(11):1115-8. Disponível em: https://www.scirp.org/(S(vtj3fa45qm1ean45vvffcz55))/reference/ReferencesPapers.aspx?ReferenceID=1196763

Samico I, et al. Avaliação em Saúde: bases conceituais e Operacionais. Rio de Janeiro: MedBook; 2010.

Zanardo LH. Sala de vacina. Núcleo técnico científico de telessaúde MT. 2015 jun. [acesso em 2021 jun 3]. Disponível em: http://www.telessaude.mt.gov.br/Arquivo/Download/2080

Medina MG et al. Uso de modelos teóricos na avaliação em saúde: aspectos conceituais e operacionais. In: Hartz ZMA, Silva LMV (orgs). Avaliação em saúde: dos modelos teóricos à prática na avaliação de programas e sistemas de saúde [online]. Salvador: EDUFBA; Rio de Janeiro: Ed. Fiocruz; 2005. [acesso em jun 12]. Disponível em: doi: https://doi.org/10.7476/9788575415160

Scriven M. The methodology of evaluation. In: Tyler R, Gagne R, Scriven M. Perpectives in curriculum evaluation. Chicago: Rand McNally, 1967. AERA monograph series on evaluation, 1.

Vuori H. Estratégias para melhoria da qualidade dos cuidados de saúde. In: Seminário de avaliação dos serviços de saúde: aspectos metodológicos. Rio de Janeiro, 1988. Anais [...] Rio de Janeiro: OPAS; Escola Nacional de Saúde Pública; 1988.

Stufflebeam, DL. The metaevaluation imperative. American Journal of Evaluation, Thousand Oaks [internet]. 2021 Jun [acesso em 2021 Jun 12] 22(2):183-209. Disponível em: https://doi.org/10.1177/109821400102200204

Martins M. Qualidade do cuidado em saúde. In: Sousa P, Mendes W (orgs). Segurança do paciente: conhecendo os riscos nas organizações de saúde. Rio de Janeiro: Ed. Fiocruz; 2014.

Downloads

Publicado

17.01.2022

Como Citar

1.
Dantas Brito M, Gentil Almeida Andreev W, Cordeiro Pereira Cardoso G. Plano de avaliação da qualidade da assistência em salas de vacina: uma experiência local. Com. Ciências Saúde [Internet]. 17º de janeiro de 2022 [citado 14º de julho de 2024];32(04). Disponível em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/1046

Edição

Seção

Seção temática - Especialização em Avaliação em Saúde

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)