Câncer do colo do útero: percepção das mulheres frente ao exame preventivo

Autores

  • Klíscia Rosa de Sousa Escola Superior de Ciências da Saúde - ESCS
  • Maria Aureni de Lavor Miranda Escola Superior de Ciências da Saúde - ESCS

DOI:

https://doi.org/10.51723/ccs.v29i03.269

Palavras-chave:

Neoplasias do Colo do Útero, Teste de Papanicolaou, Prevenção Primária

Resumo

Introdução: O câncer do colo do útero é o quarto tipo de câncer mais frequente entre as mulheres. Este estudo visa identificar a percepção das mulheres acerca do exame preventivo Papanicolau. Métodos: Estudo qualitativo com 17 mulheres mediante entrevista gravada entre junho e julho de 2016. Os dados foram analisados por método de estatística descritiva simples e por análise de conteúdo. Resultados e discussões: A maioria das participantes (58,82%) tinham idade mediana de 45 anos e ensino fundamental incompleto (47%). As categorias foram agrupadas em: ‘A procura das mulheres pelo exame preventivo Papanicolau’, ‘Conhecimento das mulheres sobre a prevenção do câncer do colo do útero’ e ‘Sentimentos vivenciados por ocasião do exame preventivo Papanicolau’. Conclusão: A percepção das mulheres reflete aspectos de ações e políticas de prevenção deficitárias. Dessa forma, é necessário ampliar a educação em saúde na atenção primária.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Aureni de Lavor Miranda, Escola Superior de Ciências da Saúde - ESCS

Docente do curso de graduação em enfermagem da ESCS e do curso técnico de enfermagem da ETESB

Referências

1. Neto JPSN, Sousa RMS, Melo AF, Santos MS santos. Cervical uterus cancer monitoring in Caxias, Maranhão State. Portuguese ReonFacema. 2017 ;3(1): 361-367.
2-Panzetti TMN, Santana ME, Costa MSCR. Research on câncer nursing cervical the period 2008 to 2013. J. Health Biol Sci. 2015;3(1):46-51.
3- Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Estimativa 2012: Incidência de câncer no Brasil. Rio de Janeiro:Inca; 2014.
4- Brito-Silva K et al. Integrality in cervical cancer care: evaluation of access. Rev Saúde Pública 2014;48(2):240-248
5- Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional de Câncer. Detecção precoce. [Online]. Available from: https://www.inca.gov.br/en/node/1194 [Accessed 18 March 2019].
6- Oliveira, SL, Almeida, ACH. Women perception regarding rapanicolaou Test: from observation to understanding. Cogitare Enferm 2009 Jul/Set; 14(3):518-26
7- Neves, KTQ. Users’ perception of screening tests for preventing cervical cancer. Cogitare Enferm. 2016 Out/dez; 21(4): 01-07
8- Pesquisa distrital por amostra de domicílios – Planaltina – PDAD 2015. Brasília (DF). Available from:< http://www.codeplan.df.gov.br/wp-content/uploads/2018/02/PDAD-Planaltina-1.pdf>. [Accessed 28 March 2019].
9- Alves D, Filho, DFF, Henrique A. O Poderoso NVivo: uma introdução a partir da análise de conteúdo. Revista Política Hoje 2015 24(2): 119-134.
10- Brasil. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Available from: http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466. [Accessed 04 December 2015].
11- Aguilar, RP, Soares, DA. Barriers to pap smear: prospects for users and professionals of the Family Health Strategy in Vitória da Conquista-BA. Physis Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 25 [ 2 ]: 359-379, 2015.
12- Melo MCSC, Vilela F, Salimena AMO, Souza IEO. The Nurse in Uterine Cervical Cancer Prevention: the Daily Care in Health Primary Attention. Revista Brasileira de Cancerologia 2012; 58(3): 389-398.
13- Borges MFSO, Dotto LMG, Koifman RJ, Cunha MA, Muniz PT. Prevalence of uterine cervical cancer testing in Rio Branco, Acre State, Brazil, and factors associated with non-participation in screening. Cad Saude Publica. 2012;28(6):1156-66.
14 - Laganá MTC, Silva MMP, Lima LF, França TLB. Cytological Abnormalities, Sexually Transmitted Diseases and Periodicity of Cervical Cancer Screening in a Basic Health Unit. Rev Bras Cancerol. 2013;59(4):523-30.
15- Andrade MS, Almeida MMG, Araújo TM, Santos KOB. Non-adherence to pap smear and associated factors among women aided by the Family Health Strategy in Feira de Santana – Bahia, Brazil, 2010. Epidemiol Serv Saúde. 2014;23(1):111-20.
16- Laganá MTC, Silva MMP, Lima LF, França TLB. Cytological Abnormalities, Sexually Transmitted Diseases and Periodicity of Cervical Cancer Screening in a Basic Health Unit. Revista Brasileira de Cancerologia 2013; 59(4): 523-530
17- Dantas CN, Enders BC, Salvador PTCO. The nurse’s experience in the prevention of cervical cancer. 2011;35(3):646-60.
18- Souza AF; Costa LHR. Conhecimento de Mulheres sobre HPV e Câncer do Colo do Útero após Consulta de Enfermagem. Revista Brasileira de Cancerologia 2015;61(4):343-50.

Downloads

Publicado

23.04.2019

Como Citar

1.
de Sousa KR, Miranda MA de L. Câncer do colo do útero: percepção das mulheres frente ao exame preventivo. Com. Ciências Saúde [Internet]. 23º de abril de 2019 [citado 15º de abril de 2024];29(03). Disponível em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/269

Edição

Seção

Saúde Coletiva

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)