Satisfação e autonomia docente em instituição de ensino superior em enfermagem

Autores

  • Kátia Rodrigues Menezes Escola Superior de Ciências da Saúde - ESCS
  • Maria Rita Carvalho Garbi Novaes Escola Superior de Ciências da Saúde - ESCS

DOI:

https://doi.org/10.51723/ccs.v33i03.930

Palavras-chave:

Satisfação no Emprego, Docentes de enfermagem, Educação em enfermagem, Educação superior

Resumo

Objetivo: analisar o grau de satisfação dos docentes de graduação em enfermagem de instituição pública, correlacionando autonomia e satisfação profissional. Método: estudo descritivo, transversal, quantitativo, cujos dados passaram por estatística descritiva e testes paramétricos. Resultados: participaram 77 docentes que demonstraram moderada satisfação global e maior satisfação no relacionamento com os alunos. Não houve relação estatística entre satisfação e as variáveis do estudo, mas a correlação entre autonomia e satisfação foi significativa. Conclusão: o estudo apontou que a maior satisfação dos docentes está ligada aos fatores intrínsecos ao trabalho. A autonomia docente correlacionou-se positivamente à satisfação no trabalho, sendo apontada como uma influência para a satisfação dos docentes. A potencialização da autonomia pode contribuir sobremaneira para a satisfação no trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kátia Rodrigues Menezes, Escola Superior de Ciências da Saúde - ESCS

Escola Superior de Ciências da Saúde. Curso de Graduação em Enfermagem. Mestranda pelo Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde. Distrito Federal-Brasília, Brasil.

Maria Rita Carvalho Garbi Novaes, Escola Superior de Ciências da Saúde - ESCS

Escola Superior de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde. Distrito Federal-Brasília, Brasil.

Referências

Brasil. Câmara de Ensino Superior. Resolução CNE/CES nº 3, de 7 de novembro de 2001 [Internet]. Brasília, DF; 2001 [acesso em 2019 abr 14]. Disponível em: http://portal.mec. gov.br/cne/arquivos/pdf/CES03.pdf

Alexandre KCRS, Werneck AL, Chainça E, Cesarino CB. Docência em cursos superiores de enfermagem: formação e práticas pedagógicas. Rev Baiana Enferm [Internet]. 2018 [acesso em 2019 abr 14];32:e24975. Disponível em: http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v32. 24975

Lee P, Miller MT, Kippenbrock TA, Rosen C, Emory J. College nursing faculty job satisfaction and retention: a national perspective. J Prof Nurs [Internet]. 2017 [cited 2019 Apr 14];33(4):261-66. Available from: https://doi.org/10.1016/j.profnurs.2017.01.001

Ferreira EM, Tanaka LH, Friedlãnder MR. Satisfação profissional do enfermeiro professor de enfermagem: um estudo qualitativo. Servir. 2009;57(1-2):20-7.

Menezes KR, Novaes MRCG. Formação pedagógica de professores de graduação em enfermagem: revisão integrativa da literatura. Com Cienc Saude [Internet]. 2019 [acesso em 2019 abr 14];29(4). Disponível em: http://www.escs.edu.br/revistaccs/index.php/ comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/336

Lemos MC, Passos JP. Satisfação e frustração no desempenho do trabalho docente em enfermagem. REME [Internet]. 2012 [acesso em 2019 abr 14];16(1):48-55. Disponível em: http://www.dx.doi.org/S1415-27622012000100007

Bittner NP, O'Connor M. Focus on retention: Identifying barriers to nurse faculty satisfaction. Nurs Educ Perspect [Internet]. 2012 [cited 2019 Apr 14];33(4):251-4. Available from: https://journals.lww.com/neponline/Abstract/2012/07000/FOCUS_on_ RETENTION_Identifying_Barriers_to_Nurse.8.aspx

Gui L, Barriball KL, While AE. Job satisfaction of nurses’ teachers: a literature review. Part I: measurement, levels and components. Nurse Educ Today [Internet]. 2009 [cited 2019 Apr 14];29(5):469-76. Available from: https://doi.org/10.1016/j.nedt.2008.11.002

Timalsina R, Sarala KC, Rai N, Chhantyal A. Predictors of organizational commitment among university nursing Faculty of Kathmandu Valley, Nepal. BMC Nurs [Internet]. 2018 [cited 2019 Apr 14];17(30). Available from: https://doi.org/10.1186/s12912-018-0298-7

Owen DC, Boswell C, Opton L, Franco L, Meriwether C. Engagement, empowerment, and job satisfaction before implementing an academic model of shared governance. Appl Nurs Res [Internet]. 2018 [cited 2019 Apr 14];41:29-35. Available from: https://doi.org/ 10.1016/ j.apnr.2018.02.001

Altuntaş S. Factors affecting the job satisfaction levels and quit intentions of academic nurses. Nurse Educ Today [Internet]. 2014 [cited 2019 Apr 14];34(4):513-9. Available from: https://doi.org/10.1016/j.nedt.2013.07.002

Arian M, Soleimani M, Oghazian MB. Job satisfaction and the factors affecting satisfaction in nursing educators: a systematic review. J Prof Nurs [Internet]. 2018 [cited 2019 Apr 14];34(5):389-99. Available from: https://doi.org/10.1016/j.profnurs.2018.07. 004

Herzberg F, Mausner B, Snyderman BB. The motivation to work. New Brunswick (NJ): Transaction; 2017.

Woodworth JA. Predictive factors impacting intent-to-stay teaching for associate degree adjunct clinical nurse faculty. Teach. Learn. Nurs [Internet]. 2016 [cited 2019 Apr 14];11(4):147-51. Available from: http://dx.doi.org/10.1016/j.teln.2016.06.006

Thies KM, Serratt T. Evaluating Association Degree Nursing Faculty Job Satisfaction. Teach Learn Nurse [Internet]. 2018 [cited 2019 Apr 14];13(2):71-4. Available from: https://doi.org/10.1016/j.teln.2017.12.008

Distrito Federal (BR). Escola Superior em Ciências da Saúde (ESCS). Projeto pedagógico do curso de graduação em enfermagem da ESCS [Internet]. Brasília (DF): Fepecs; 2018 [acesso em 2019 abr 14]. Disponível em: http://www.escs.edu.br/arquivos/PPC_2018.pdf

Veiga FH, Roque P, Guerra TM, Fernandes L, Antunes J. Escala de avaliação da autonomia profissional dos professores: elaboração e validação [Internet]. Proceedings of the 7 Congresso Galaico-Português de Psicopedagogia; 2003 set 24-26; Universidade do Minho, Universidade da Corunha. Corunha: Universidade da Corunha; 2003 [acesso em 2019 abr 14]. p. 1009-1017. Disponível em: http://hdl.handle.net/10451/4676

Pedro N, Peixoto F. A satisfação profissional e auto-estima dos professores. Anal Psicol [Internet]. 2006 [acesso em 2019 abr 14];2(24):247-62. Disponível em: http://publicacoes. ispa.pt/index.php/ap/article/view/167/pdf

Ferreira EM. Satisfação profissional do enfermeiro docente no ensino superior de enfermagem [dissertação]. São Paulo: Universidade de São Paulo; 2010. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7140/tde-01072010-132503/es.php

Duarte CG, Lunardi VL, Barlem ELD. Satisfação e sofrimento no trabalho do enfermeiro docente: uma revisão integrativa. REME [Internet]. 2016 [acesso em 2019 abr 14];20: e939. Disponível em: https://doi.org/10.5935/1415-2762.20160009

Publicado

25.10.2022

Como Citar

1.
Menezes KR, Carvalho Garbi Novaes MR. Satisfação e autonomia docente em instituição de ensino superior em enfermagem. Com. Ciências Saúde [Internet]. 25º de outubro de 2022 [citado 8º de fevereiro de 2023];33(03). Disponível em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/930

Edição

Seção

Educação