Avaliação da prevenção da sífilis congênita na Atenção Primária à Saúde

Autores

DOI:

https://doi.org/10.51723/ccs.v34i04.1387

Palavras-chave:

Sífilis, Cuidado; Pré-natal, Avaliação em Saúde, Protocolos clínicos

Resumo

Objetivo: avaliar a conformidade das ações de prevenção da sífilis congênita no pré-natal realizado na atenção primária à saúde, em relação às normativas do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Método: realizou-se uma avaliação normativa, entre os meses de junho e julho de 2021, nas 13 Unidades Básicas de Saúde, a partir da análise do questionário aplicado a 60 profissionais (médicos e enfermeiros) vinculados às equipes de saúde da família. Resultados: elencaram-se variáveis para verificar a disponibilidade de estrutura e insumos, e a oportunidade técnica das ações realizadas para a prevenção da sífilis congênita, que resultaram em 41,5% de conformidade. Conclusão: O grau de conformidade não alcançou o estabelecido na avaliação de ≥ 90,0%, o que resulta na fragilidade das ações de prevenção, a perda da oportunidade diagnóstica e a não interrupção da cadeia de transmissão, caracterizando mais um desafio para prevenção da sífilis congênita.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudia Daniela Simioli, Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal - SESDF

Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, Brasília, Distrito Federal, Brasil

Paulo Germano de Frias, Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira

Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira, Recife, Brasil

Marcela Alves de Abreu, Fundação Oswaldo Cruz - Fiocruz Rio de Janeiro

Escola Nacional de Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Referências

Macêdo VC, de Romaguera LMD, Ramalho MO de A, Vanderlei LC de M, Frias PG de, Lira PIC de. Sífilis na gestação: barreiras na assistência pré-natal para o controle da transmissão vertical. Cad. Saúde colet. Dezembro de 2020;28(4):518–28.

BRASIL. Boletim Epidemiológico de Sífilis 2021. Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis [Internet]. 2021 [citado 19 de novembro de 2021]. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2021/boletim-epidemiologico-de-sifilis-2021

DISTRITO FEDERAL, Secretaria de Estado de Saúde, SVS. Informativo Epidemiológico - Perfil epidemiológico da sífilis no Distrito Federal, 2016 a 2020. 2021.

Ramos Jr. AN. Persistência da sífilis como desafio para a saúde pública no Brasil: o caminho é fortalecer o SUS, em defesa da democracia e da vida. Cad. Saúde Pública. 2022;38(5):PT069022.

Sanine PR, Castanheira ERL, Nunes LO, Andrade MC, Nasser MA, Nemes MIB. Sífilis Congênita: avaliação em serviços de Atenção Primária do estado de São Paulo, Brasil. 2021;10.

De Oliveira Furlam T, De Aguiar Pereira CC, Saraiva Frio G, Machado CJ. Efeito colateral da pandemia de Covid-19 no Brasil sobre o número de procedimentos diagnósticos e de tratamento da sífilis. Rev. bras. Estud. Popul. 12 de janeiro de 2022; 39:1-15.

Gaspar PC, Bigolin Á, Neto JBA. Protocolo Brasileiro para Infecções Sexualmente Transmissíveis 2020: testes diagnósticos para sífilis. 2021;(30a):12.

Champagne, F. et al. 4 - A Apreciação Normativa. In: Avaliação: conceitos e métodos. 1. ed. [s.l.] Fiocruz, 2011. p. 78–94.

BRASIL, DCCI. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Atenção Integral às Pessoas com Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) | [Internet]. 2020 [citado 17 de outubro de 2021]. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2015/protocolo-clinico-e-diretrizes-terapeuticas-para-atencao-integral-pessoas-com-infeccoes

BRASIL. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Prevenção da Transmissão Vertical de HIV, Sífilis e Hepatites Virais [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis; 2019 [citado 11 de dezembro de 2019]. 248 p. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2015/protocolo-clinico-e-diretrizes-terapeuticas-para-prevencao-da-transmissao-vertical-de-hiv

DISTRITO FEDERAL. Nota Técnica N. º 1/2021 - SES/SVS/DIVEP/GEVIST - Assunto: Orientações para a vigilância epidemiológica da sífilis adquirida, sífilis em gestante e sífilis congênita [Internet]. 2021 [citado 30 de agosto de 2021]. Disponível em: https://sei.df.gov.br/sei/controlador.php?acao=procedimento_trabalhar&acao_origem=protocolo_pesquisar&id_procedimento=75613619&id_documento=76238836&infra_sistema=100000100&infra_unidade_atual=110003278&infra_hash=3fecab6a86b2343c4099d73c7c6e71833ea5f9a58a1b71b2e6d4de808ee3b550

DISTRITO FEDERAL, SES/SVS/DIVEP/GEVIST. Nota Técnica SEI-GDF n.º 10/2019 - SES/SVS/DIVEP/GEVIST - Orientar os profissionais de saúde sobre o diagnóstico, as condutas clínicas e os critérios para notificação da sífilis em gestante no Distrito Federal. 2019. Disponível em: https://sei.df.gov.br/sei/controlador.php?acao=procedimento_trabalhar&acao_origem=protocolo_pesquisa_rapida&id_protocolo=36741737&infra_sistema=100000100&infra_unidade_atual=110041589&infra_hash=687e9eb0c127c7e34065dda1be3f5fbf36fb56cd679a1179332846ff3629d310. Acesso em 21/04/2020.

DISTRITO FEDERAL, SES/SVS/DIVEP/GEVIST. Nota Técnica SEI-GDF n.º 11/2019 - SES/SVS/DIVEP/GEVIST (ID: 31234970) - Orientar os profissionais de saúde sobre as condutas e os critérios para notificação da Sífilis Congênita no Distrito Federal. 2019. Disponível em: https://sei.df.gov.br/sei/controlador.php?acao=procedimento_trabalhar&acao_origem=protocolo_pesquisa_rapida&id_protocolo=36748342&infra_sistema=100000100&infra_unidade_atual=110041589&infra_hash=3851b280a8d6d5c63231c2b67cb730de07a09d212f2fdd3a80e0f0840d4d2024. Acesso em 21/04/2020.

DISTRITO FEDERAL. Secretaria de Estado da Saúde do Distrito Federal. Protocolo de Atenção à Saúde Atenção à saúde da mulher no Pré-natal, Puerpério e Cuidados ao Recém-nascido, 2017. [citado 11 de dezembro de 2019]. Disponível em: https://www.saude.df.gov.br/documents/37101/87400/Aten%C3%A7%C3%A3o+%C3%A0+Sa%C3%BAde+da+Mulher+no+Pr%C3%A9- natal%2C+Puerp%C3%A9rio+e+Cuidados+ao+Rec%C3%A9m-nascido.pdf/a8e8ffb5-1cf2-192d-fbc0-aee6820e35de?t=1648643462300. Acesso em 19/11/2021.

DISTRITO FEDERAL, Governo do Distrito Federal, Secretaria de Estado de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão - SEFP, companhia de planejamento do Distrito Federal - CODEPLAN. Pesquisa Distrital por Amostras de Domicílios PDAD 2018 Região Administrativa de Samambaia. 2019;67.

DISTRITO FEDERAL, Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal. InfoSaúde - Painel de Informação, Gestão e Serviços das 13 Unidades Básicas de Saúde. Disponível: ubs gestor - Infosaúde. Acesso em 08/07/2023

Ramalho MO de A. Avaliação da assistência pré-natal com ênfase na sífilis gestacional na estratégia de saúde da família do Recife [Internet] [Dissertação - Universidade Federal de Pernambuco]. [Recife, 2016.]: Universidade Federal de Pernambuco; 2016 [citado 1o de dezembro de 2019]. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/17410

Montalvão AS. Desafios para Redução da Sífilis Congênita: avaliação da implantação das Ações do Pré-Natal no âmbito da Rede Cegonha na Atenção Básica em Palmas Tocantins. 2017;49.

BRASIL. Guia para certificação da eliminação da transmissão vertical do HIV e/ou Sífilis - 2021 | [Internet]. 2021 [citado 15 de outubro de 2021]. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2021/guia-para-certificacao-da-eliminacao-da-transmissao-vertical-do-hiv-eou-sifilis-2021

Donabedian A. The quality of care. How can it be assessed? JAMA 1988; 260:1743-8.

Oliveira D do C, Mandú ENT, Corrêa ÁC de P, Tomiyoshi JT, Teixeira RC. Estrutura organizacional da atenção pós-parto na estratégia saúde da família. Esc Anna Nery [Internet]. 2013Jul;17(3):446–54. Available from: https://doi.org/10.1590/S1414-81452013000300007

Felisbino-Mendes MS, Araújo FG, Oliveira LVA, de Vasconcelos NM. Comportamento sexual e uso de preservativos na população brasileira: análise da Pesquisa Nacional de Saúde, 2019. 2019;14.

Lazarini FM, Barbosa DA. Educational intervention in Primary Care for the prevention of congenital syphilis. Rev Latino-Am Enfermagem [Internet]. 30 de janeiro de 2017 [citado 23 de novembro de 2019];25(0). Disponível em:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692017000100305&lng=en&tlng=em

Domingues CSB, Lannoy LH de Saraceni V, Cunha ARC da, Pereira GFM. Protocolo Brasileiro para Infecções Sexualmente Transmissíveis 2020: vigilância epidemiológica. Epidemiol Serv Saúde. 2021;30(spe1): e2020549.

Andrade ALMB, Magalhães PVVS, Moraes MM, Tresoldi AT, Pereira RM. Diagnóstico tardio de sífilis congênita: uma realidade na atenção à saúde da mulher e da criança no brasil. Rev paul pediatr [Internet]. 2018 Jul;36(3):376–81. Available from: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2018;36;3;00011

OPAS. OMS. Plano de Ação para a prevenção e o controle do HIV e de infecções sexualmente transmissíveis 2016-2021. Em Washington, D.C., EUA; 2016 [citado 1o de dezembro de 2019]. Disponível em: https://www.paho.org/hq/dmdocuments/2017/2017-cha-plan-action-prev-hiv-2016-2021-pt.pdf

Figueiredo, DCMM de, Alexandre Medeiros de Figueiredo, Souza TKB de, Tavares G, Vianna RP de T. Relação entre oferta de diagnóstico e tratamento da sífilis na atenção básica sobre a incidência de sífilis gestacional e congênita. 2020; Cadernos de Saúde Pública,36 no.3.

Santos LSS, Machado TMG, Lima SCVS. A experiência do apoio para o fortalecimento do manejo da sífilis na atenção primária à saúde. Revista Brasileira de Inovação Tecnológica em Saúde - ISSN:2236-1103. 2020;10(4):8–8.

Cerqueira BGT de, Silva EP da, Gama ZA da S. Melhoria da qualidade do cuidado à sífilis gestacional no município do Rio de Janeiro. Rev. saúde pública. 14 de junho de 2021; 55:34.

Horta HHL, Martins MF, Nonato TF, Alves MI. Pré-natal do parceiro na prevenção da sífilis congênita | Revista de APS [Internet]. 2017 [citado 13 de novembro de 2021]. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/aps/article/view/16078.

Publicado

22.05.2024

Como Citar

1.
Simioli CD, Frias PG de, Abreu MA de. Avaliação da prevenção da sífilis congênita na Atenção Primária à Saúde . Com. Ciências Saúde [Internet]. 22º de maio de 2024 [citado 24º de junho de 2024];34(04). Disponível em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/1387

Edição

Seção

Seção temática - Mestrado Profissional em Avaliação em Saúde

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)