A legislação sobre o Aborto nos Países da América Latina

uma Revisão Narrativa

Autores

  • Brunno Henrique Kill Aguiar Fepecs
  • Juliana Moura da Silva
  • Mônica Beatriz Ortolan Libardi
  • Juliana de Andrade Passos
  • Silvia Caixeta de Andrade
  • Priscila Batista Corrêa Parente
  • Alessandra da Rocha Arrais
  • Aline Mizusaki Imoto de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.51723/ccs.v29i01.133

Palavras-chave:

aborto, lei, bioética, América Latina.

Resumo

Introdução. Historicamente observam-se diversos movimentos em prol da saúde sexual e reprodutiva feminina. Os mesmos vem problematizando a legalização do aborto, sendo este definido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como a interrupção da gravidez no máximo até a idade gestacional de 20-22 semanas e peso fetal de 500 gramas. Objetivo. O presente estudo buscou identificar como o aborto é discutido legalmente na América Latina, explorando a diversidade do tema. Método. Foi realizada uma revisão narrativa, utilizando-se as palavras-chave "aborto e (lei ou bioética)" lançadas nas bases de dados LILACS, SCIELO e PUBMED, no período de 2011 a 2016. Resultados e Discussão. Foram encontrados artigos científicos abordando 18 dos 20 países que atualmente compõem a América Latina, com exceção do Paraguai e Venezuela. Os resultados mostraram que alguns países e/ou estados têm leis menos restritivas, tais como Cuba, Uruguai e o Distrito Federal do México. Em contrapartida, outros consideram o aborto como prática ilegal sob qualquer hipótese, como Chile, Costa Rica, El Salvador, Honduras e Nicarágua. Os demais países encontrados despenalizam o aborto em situações específicas como estupro, malformações fetais incompatíveis com a vida e risco de vida ou à saúde da gestante. Conclusão. O tema da legalização do aborto ainda gera muitas ambivalências na América Latina. Contrapõem-se, por um lado, visões religiosas, o direito à vida fetal e o receio de banalização da prática, e, por outro, iniciativas de preservação da vida e dos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres, buscando diminuir os índices de aborto inseguro e mortalidade materna.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

16.04.2019

Como Citar

1.
Kill Aguiar BH, da Silva JM, Libardi MBO, Passos J de A, de Andrade SC, Parente PBC, Arrais A da R, de Oliveira AMI. A legislação sobre o Aborto nos Países da América Latina: uma Revisão Narrativa. Com. Ciências Saúde [Internet]. 16º de abril de 2019 [citado 15º de abril de 2024];29(01):36-44. Disponível em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/133

Edição

Seção

Saúde Coletiva