Plano de avaliação dos “Dez Passos” para o sucesso do aleitamento materno em um hospital

Autores

DOI:

https://doi.org/10.51723/ccs.v32i04.1045

Palavras-chave:

Aleitamento materno, Saúde materno-infantil, Avaliação em saúde

Resumo

Introdução: o aleitamento materno está condicionado a fatores socioeconômicos e culturais, sendo necessários incentivos para que as mães possam aderir a essa prática. A implementação dos “Dez Passos” para o sucesso do aleitamento materno tem contribuído de forma significativa para o aumento das taxas de amamentação. Objetivos: descrever os principais pontos do plano de avaliação do grau de implementação dos “Dez Passos” para o sucesso do aleitamento materno em um Hospital Materno Infantil do Distrito Federal. Método: elaboração de um plano de avaliação baseado em análise documental acerca dos Dez passos para o sucesso do aleitamento materno e adaptações realizadas no modelo de avaliação implementado no HMIB e proposto pelo Ministério da Saúde. Conclusão: o modelo avaliativo apresentado foi pensado para qualificar o grau de implantação de cada um dos Dez passos descritos e possibilitar ampliar a discussão, a partir das dimensões consideradas, dos pontos negativos e positivos desta iniciativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Weslley Carvalho, Secretaria de Saúde do Distrito Federal - SESDF

Especialista em Avaliação em Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública/Fiocruz. Nutricionista, Secretaria de Estado da Saúde do Distrito Federal. Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Walkíria Gentil, Secretaria de Saúde do Distrito Federal - SESDF

Enfermeira. Mestre em Saúde Pública. Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Dolores Franco, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca - Ensp/Fiocruz

Doutora em Saúde Pública. Escola Nacional de Saúde Pública. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

Referências

Caminha MFC, Serva VB, Arruda IKG, Batista Filho M. Aspectos históricos, científicos, socioeconômicos e institucionais do aleitamento materno. Revista Brasileira de saúde materno infantil. Recife-PE; 10 (1): 23-37. Jan-mar 2010.

Brasil. Ministério da Saúde. Política Nacional de Alimentação e Nutrição. 2013. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_alimentacao_nutricao.pdf; acessado em 12/05/2019.

Lelis LSC. Aleitamento materno exclusivo à criança até aos 6 meses de idade: Avanços e desafios. Conselheiro Lafaiete. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família). Universidade Federal de Mingas Gerais; 2012.

Menezes CB, Soares DJ. Benefícios do aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida. São Francisco do Conde. Trabalho de conclusão de curso (Especialização em Saúde da Família). Instituto de Ciências da Saúde, Universidade da Integração da Lusofonia Afro-Brasileira; 2018.

Brasil. Ministério da Saúde. Iniciativa Hospital Amigo da Criança - Área Técnica de Saúde da Criança e Aleitamento Materno

Departamento de Ações Programáticas Estratégicas

Secretaria de Atenção à Saúde, Brasil, 2010. Disponível em: http://www.saude.mppr.mp.br/arquivos/File/kit_atencao_perinatal/relatorios/ihac_relatorioihacatualizado_ms.pdf; acessado em: 12/05/2019.

Pérez-Escamilla R, Martinez J L, Segura-Pérez S. Impact of the Baby-friendly Hospital Initiative on breastfeeding and child health outcomes: a systematic review. Maternal & Child Nutrition, [s.l.]. 2016; 12(3):402-417. Wiley. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1111/mcn.12294.

Araujo RG. A avaliação do monitoramento da Iniciativa Hospital Amigo da Criança no Brasil. Rio de Janeiro. Dissertação (Mestrado Profissional em Saúde da Criança e da Mulher) – Fundação Oswaldo Cruz/FIOCRUZ; 2017.

Organización Panamericana de La Saude (OPAS). La Iniciativa Hospital Amigo del Niño em America Latina y el Caribe: Estado actual, retos y oportunidades. Washington, DC: OPS, 2016. Disponível em: http://iris.paho.org/xmlui/bitstream/handle/123456789/18829/9789275318775_spa.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em 16 jul. 2019.

Silva OLO, Rea MF, Venâncio SI, Buccini GS. A Iniciativa Hospital Amigo da Criança: contribuição para o incremento da amamentação e a redução da mortalidade infantil no Brasil. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, [s.l.]. 2018; 18(3):481-489. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1806-93042018000300003.

Araújo MFM, Otto AFN, Schmitz BAS. Primeira avaliação do cumprimento dos “Dez passos para o sucesso do aleitamento materno” nos Hospitais Amigos da Criança no Brasil. Rev Bras Saúde Matern. Infant. 2003; 3(4):411-419. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbsmi/v3n4/18886.pdf. Acesso em: 15 out. 2019.

Figueiredo SF, Mattar MJG, Abrão ACFV. Iniciativa Hospital Amigo da Criança – uma política de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. Acta Paul Enferm. 2012; 25(3):459-63. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ape/v25n3/v25n3a22.pdf. Acesso em 14 mai. 2019.

Silva CM, Pellegrinelli ALR, Pereira SCL, Passos LR, Santos LC. Práticas educativas segundo os “Dez passos para o sucesso do aleitamento materno” em um Banco de Leite Humano. Ciência & Saúde Coletiva, [s.l.]. 2017; 22(5):1661-1671. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232017225.14442015.

Champagne F, Brousselle A, Contandriopoulos AP, Hartz Z. A avaliação no campo da saúde: conceitos e métodos. In: Brousselle, A (Org.). Avaliação: conceitos e métodos/ organizado por Astrid Bousselle... [et al.]; tradução de Michel Colin. Editora FIOCRUZ. Rio de Janeiro, 2011. p 41 a 54.

Cardoso GCP, Oliveira EA, Casanova AO, Silva Toledo PP, Santos EM. Participação dos atores na avaliação do Projeto QualiSUS-Rede: reflexões sobre uma experiência de abordagem colaborativa. Saúde em Debate, [s.l.]. 2019; 43(120):54-68. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0103-1104201912004. Acesso em 12 nov. 2019.

Ferreira H, Cassiolato M, Gonzalez R. Como elaborar modelo lógico de programa: um roteiro básico. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada/IPEA, 2007. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/5767/1/NT_n02_Como-elaborar-modelo-logico-programa_Disoc_2007-fev.pdf. Acesso em 16 jul. 2019.

Abreu DMF. Avaliação de implantação do Núcleo descentralizado de Vigilância da Saúde na Região Metropolitana II, Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. Dissertação (Mestrado em Ciências de Saúde Pública) – Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/ENSP; 2008.

Segala EE. Efeito de uma intervenção multiprofissional na prevalência do aleitamento exclusivo em um Hospital Universitário. Santa Maria. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde). Centro de Ciências da Saúde – Universidade Federal de Santa Maria; 2016.

Centers for disease Control and Prevention (CDC). Framework for Program Evaluation in Public Health. 2019; 17(48):1-40. Disponível em: https://www.cdc.gov/mmwr/PDF/RR/RR4811.pdf. Acesso em 15 out. 2019.

Costa MC. Avaliação de implementação da vigilância epidemiológica do município de Itaboraí no estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca/ENSP; 2013.

Tanaka OY, Tamaki EM. O papel da avaliação para a tomada de decisão na gestão de serviços de saúde. Ciência & Saúde Coletiva. 2012; 17(4):821-828. Disponível em: O papel da avaliação para a tomada de decisão na gestão de serviços de saúde. Acesso 16 jul. 2019.

Medina MG, Silva GAP, Aquino R, Hartz ZMA. Uso de modelos teóricos na avaliação em saúde: aspectos conceituais e operacionais. In: HARTZ, ZMA., and SILVA, LMV. orgs. Avaliação em saúde: dos modelos teóricos à prática na avaliação de programas e sistemas de saúde [online]. Salvador: EDUFBA; Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2005, pp. 41-63. ISBN: 978-85-7541-516-0. Available from: doi: 10.7476/9788575415160. Also available from in ePUB from:http://books.scielo.org/id/xzdnf/epub/hartz-9788575415160.epub

Silva RR, Brandão D. Os quatro elementos da avaliação. São Paulo: Instituto Fonte; 2003. Disponível em: http://antigo.enap.gov.br/downloads/ec43ea4fOs_quatro_elementos_da_avaliacao.pdf. Acesso em 18 nov. 2019.

Stufflebeam DL. The CIPP Model for Program Evaluation. In: Madaus, G.F., Scriven, M. e Stufflebeam, D.L. (eds.), Evaluation Models. Viewpoints on Educational and Human Services Evaluation. Dordrecht, Kluwer Nijhoff Publishing, 11ª Edição, 1996.

Wholey DR, Brittain JW. Organizational Ecology: Findings and Implications. Academy of Management Review . 1986; 11(3):513-533.

Patton MQ. Utilization-focused evaluation. The new century text. ThousandsOaks- London- New Delhi: SAGE Publications, 1997.

Sousa MGG. Avaliação da implementação do projeto nascer maternidades em Pernambuco. Dissertação (Mestrado em Vigilância em Saúde e Avaliação de Programas de Controle de Processos Endêmicos). Brasília. Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ). Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/ENSP; 2006.

Samico I, Figueiró AC, Frias PG. Avaliação em Saúde: Bases Conceituais e Operacionais. In: Abordagens Metodológicas na Avaliação em Saúde. Rio de Janeiro: Medbook, 2010. 196 p.

Souza TCF. Avaliação da implementação do monitoramento do plano estratégico do Ministério da Saúde. Brasília. Trabalho de conclusão de curso (Especialização em Avaliação em Saúde). Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/ENSP; 2014.

Brasil. Ministério da Saúde. Iniciativa Hospital Amigo da Criança - revista, atualizada e ampliada para o cuidado integrado, Módulo 4 – Autoavaliação e monitoramento do hospital, Brasil, 2010. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/iniciativa_hospital_amigo_crianca_modulo4.pdf; acessado em: 12/05/2019.

Cardoso GJDPG. Plano de avaliação da implantação do centro de apoio psicossocial graves e persistentes na cidade de Brasília. Brasília. Trabalho de conclusão do curso (Especialização em Avaliação em Saúde). Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ). Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/ENSP; 2016.

Santos MAS. Avaliação do grau de implementação das ações de vigilância do Plano de Ações Estratégicas de Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis no Brasil, 2011 – 2022. Brasília. Trabalho de conclusão de curso (Especialização em Avaliação em Saúde). Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/ENSP; 2014.

Cosendey MAE, Hartz ZMA, Bermudez JAZ. Validation f a tool for assessing the quality of pharmaceutical services. Cad. De Saúde Pública. 2003, 19(2):395-406. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2003000200006. Acesso em 16 jul. 2019.

Farias GCF. Avaliação do grau de implantação do programa do controle da esquistossomose no município de Tracunhaém, zona da mata. Pernambuco, Brasil. Recife. Trabalho de conclusão de curso (Especialização em Gestão de Sistema e Serviços de Saúde). Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz; 2010. Disponível em: <http://www.cpqam.fiocruz.br/bibpdf/2010farias-gcf.pdf>. Acesso em 06 out 2019.

Downloads

Publicado

13.01.2022

Como Citar

1.
Carvalho W, Gentil Almeida Andreev W, Franco de Abreu DM. Plano de avaliação dos “Dez Passos” para o sucesso do aleitamento materno em um hospital . Com. Ciências Saúde [Internet]. 13º de janeiro de 2022 [citado 14º de julho de 2024];32(04). Disponível em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/1045

Edição

Seção

Seção temática - Especialização em Avaliação em Saúde

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)