Perfil epidemiológico de motociclista atendido por trauma cranioencefálico na sala amarela em hospital de referência

Autores

  • emilia cruz da cunha Escola Superior em Ciências da Saúde

DOI:

https://doi.org/10.51723/ccs.v29i01.99

Palavras-chave:

Acidentes de trânsito, Traumatismo cranioencefálico, Motocicletas, Perfil epidemiológico

Resumo

Introdução. O trauma cranioencefálico é a maior causa de morte em adultos jovens, relacionada a acidentes automobilísticos, sendo os motociclistas mais vulneráveis se comparados a outros condutores. No Distrito Federal, este é o segundo veículo mais usado, com um aumento de 88% em dez anos. Com isso, observou-se também um maior número de novos casos de TCE.

Objetivo.Caracterizar o perfil epidemiológico dos pacientes vítimas de TCE atendidos na sala amarela do Centro de Trauma do Hospital de um Hospital de referência, pela descrição de dados sociodemográfico e clínico desses pacientes, e análise de associação entre o estado clínico das vítimas com a terapêutica implementada e com tempo total do atendimento.

Metodologia.Trata-se de um estudo descritivo, estratificado e transversal, realizado em um hospital público do Distrito Federal. Foram coletados os dados de uma amostra de 54 pacientes, durante o período de março a agosto do anos 2016.

Resultado.Os resultados revelaram que a maioria dos motociclistas eram do sexo masculino (77,78%), na faixa etária entre 20-39 anos (59,26%). Os eventos ocorreram com maior frequência nas segundas-feiras (22,22%), no período diurno (68,52%), e 25,93% estavam ligados ao trajeto do trabalho. Ao contrário do que se esperavam, o índice de libação alcóolica foi baixo (9,26%). O principal meio de atendimento pré-hospitalar foi pelo Corpo Militar de Bombeiros (59,26%). O destino principal das vítimas foi a alta hospitalar (46,30%). Os dados analisados demostraram-se úteis para melhorar a organização do atendimento as vítimas e elaboração de estratégias de prevenção a acidentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

16.04.2019

Como Citar

1.
da cunha emilia cruz. Perfil epidemiológico de motociclista atendido por trauma cranioencefálico na sala amarela em hospital de referência. Com. Ciências Saúde [Internet]. 16º de abril de 2019 [citado 15º de abril de 2024];29(01):23-9. Disponível em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/99

Edição

Seção

Clínica Assistencial