Prevalência de anemia ferropriva em obesos em preparo para cirurgia bariátrica

Autores

  • Cileide Aparecida Pinho Aragão Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal
  • Mariana Silva Melendez Araújo Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal

DOI:

https://doi.org/10.51723/ccs.v26i03/04.311

Resumo

INTRODUÇÃO: Atualmente é crescente o número de realizações de cirurgias bariátricas, tendo sido comprovada como a ferramenta mais eficaz no controle e tratamento da obesidade mórbida. Dentre as complicações nutricionais após a cirurgia, podemos citar a deficiência de ferro e anemia ferropriva que podem ocorrer, especialmente, em cirurgias com disabsorção como o bypass em Y-de-Roux. Alguns pacientes obesos já apresentam essa deficiência mesmo antes de serem submetidos à restrição e disabsorção e devem ser tratados para que o quadro não seja agravado.
OBJETIVO: Realizar uma revisão sistemática da literatura científica sobre a prevalência de anemia ferropriva em pacientes obesos candidatos ao bypass gástrico em Y-de-Roux.
MÉTODOS: Foi realizado um levantamento bibliográfico de artigos científicos, no período de 2000 a 2015 publicados nas bases de dados em conformidade aos descritores em Ciências da Saúde.
RESULTADOS: Foram selecionados 62 artigos, nas línguas inglesa, espanhola e portuguesa. Após serem aplicados os critérios de exclusão, restaram 34 artigos que foram utilizados para elaboração da revisão. Dos 34 (54,8%) artigos utilizados, 12 eram artigos originais, 22 de revisão de literatura.
CONSIDERAÇÕES: Poucos estudos foram encontrados relatando a deficiência de ferro em indivíduos com obesidade em situação pré-operatória. Mais pesquisas são necessárias para determinar os fatores que regulam o estado de ferro em populações obesas, como contribuição para identificação de tal deficiência antes do procedimento cirúrgico para, então, reduzir ou minimizar intercorrências no período pós-operatório.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cileide Aparecida Pinho Aragão, Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal

Programa de Residência em Nutrição Clínica, Hospital Regional da Asa Norte, Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, Brasília – DF.

Mariana Silva Melendez Araújo, Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal

Programa de Residência em Nutrição Clínica, Hospital Regional da Asa Norte, Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, Brasília – DF

Referências

1. World Health Organization. Iron deficiency anemia: assessment, prevention and control – a guide for programme managers. Geneva: WHO; 2001.
2. Lemos AR., Ismael LAS, Boato CCM, Borges MTF, Rondó PHC. A hepcidina como parâmetro bioquímico na avaliação da anemia por deficiência de ferro. Rev. Assoc. Med. Bras. 2010; 32(S2): 08-17
3. Zafon C, Lecube A, Simó R. Iron in obesity. An ancient micronutrient for a modern disease. Obes Rev 2010; 11: 322-8.
4. Grotto HZW. Fisiologia e metabolismo do ferro. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. Campinas. 2006; 13(2): 54-63. Epub May 14, 2010.
5. Carvalho MC, Baracat ECE, Sgarbieri VC. Anemia ferropriva e anemia da doença crônica. Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas. 2006; 13(2): 54-63.
6. Muñoz M, Botella-Romero F, Gómez-Ramírez S, Campos A, García-Erce JA. Iron deficiency and anaemia in bariatric surgical patients: causes, diagnosis and proper management. Nutr. Hosp. 2009; 24(6): 640-654.
7. Cançado RD, Chiattone CS. Anemia de Doença Crônica. Rev.bras.hematol.hemoter. 2002,24(2):127-136.
8. Villarroel HP, Arredondo OM, Olivares GM. Anemia de las enfermedades crónicas asociada a obesidad: papel de la hepcidina como mediador central. Rev. méd. Chile. 2013; 141(7): 887-894.
9. Cancado RD, Chiattone CS. Anemia ferropênica no adulto: causas, diagnóstico e tratamento. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. 2010; 32(3): 240-246. Epub June 25, 2010.
10. Bagni UV, Veiga GV. Anemia ferropriva e obesidade: novos olhares para antigos problemas. Nutrire Rev. Soc. Bras. Aliment. Nutr; 36(1) abr. 2011.
11. Poli M, Asperti M, Ruzzenenti P, Regoni M, Arosio P. Hepcidin antagonists for potential treatments of disorders with hepcidin excess. Front Pharmacol. 2014 Apr 28;5:86. eCollection 2014. Review.
12. Diniz MFHS, Passos VMA, Barreto SM, Diniz MTC, Linares DB, Mendes LN. Perfil de pacientes obesos classe III do Sistema Público de Saúde submetidos à gastroplastia em “Y de ROUX”, no Hospital das Clínicas da UFMG: altas prevalências de superobesidade, co-morbidades e mortalidade hospitalar. Revista Médica de Minas Gerais 2008; 18(3): 183-190.
13. Ernst B, Thurnheer M, Schmid SM, Schultes B. Evidence for the Necessity to Systematically Assess Micronutrient Status Prior to Bariatric Surgery. OBES SURG (2009) 19:66–73.
14. Maggard MA, Shugarman LR, Suttorp M, Maglione M, Sugerman JH, Livingston EH, Nguyen NT, Li Z, Mojica WA, Hilton L, Rhodes S, Morton SC, Shekelle PG. MetaAnalysis: surgical treatment of obesity. Ann I M 2005; 142(5) ;557-59.
15. Bordalo LA, Mourão DM, Bressan J. Deficiências nutricionais após cirurgia bariátrica. Acta Med Port. 2011; 24(S4):1021-1028.
16. Leite S, Arruda S, Lins R, Faria OP. Nutrição e cirurgia bariátrica. Rev Bras Nutr Clin 2003; 18(4):183-189.
17. Lima DSC, Coelho PBP. Deficiências nutricionais no pré-operatório. In: BURGOS, M.G. Nutrição em cirurgia bariátrica. Ed. Rubio, Rio de Janeiro. 2011. p.101-108.
18. Schweiger C, Weiss R, Berry E, Keidar A. Nutritional Deficiencies in Bariatric Surgery Candidates. OBES SURG (2010) 20:193–197.
19. Lima KVG, Costa MJC, Goncalves MCR, Sousa BS. Deficiências de micronutrientes no pré-operatório de cirurgia bariátrica. ABCD, arq. bras. cir. dig. 2013; 26(1): 63-66
20. Aigner E, Feldman A, Datz C. Obesity as an emerging risk factor for iron deficiency. Nutrients 2014, Sep 11;6(9):3587-600.
21. Sociedade Brasileira de Pediatria. Anemia carencial ferropriva. Nutrologia. Fev. de 2007. Disponível em: http://www.sbp.com.br/img/documentos/doc_anemia_carencial_
ferropriva.pdf. Acessado em 12/jul/2014.
22. Rodrigues LP, Jorge SRPF. Deficiência de ferro na mulher adulta. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. 2010; 32(S2): 49-52.
23. Tussing-Humphreys LM, Nemeth E, Fantuzzi G, Freels S, Guzman G, Holterman AX, Braunschweig C. Elevated systemic hepcidin and iron depletion in obese premenopausal females. Obesity (Silver Spring); 2010 Jul; 18(7): 1449-56.
24. Dao MC, Meydani SN. Iron biology, immunology, aging, and obesity: four fields connected by the small peptide hormone hepcidin. Advances in Nutrition: An International Review Journal, 2013; 4(6): 602-617.
25. Bekri S, Gual P, Anty R, Luciani N, Dahman M, Ramesh B, Iannelli A, Staccini–MYX A, Casanova D, Amor IB, Saint–Paul MC, Huet PM, Sadoul JL, Gugenheim J, Srai SKS, Tran A, Marchand–Brustel YL. Increased Adipose Tissue Expression of Hepcidin in Severe Obesity Is Independent From Diabetes and NASH. Gastroenterology. 2006; 131(3): 788-796
26. Yanoff LB, Menzie CM, Denkinger B, Sebring NG, Mchugh T, Remaley AT, Yanovski JA. Inflammation and iron deficiency in the hypoferremia of obesity. Int J Obes (Lond). 2007 Sep; 31(9): 1412-9
27. Cheng HL, Bryant C, Cook R, O’Connor H, Rooney K, Steinbeck K. The relationship between obesity and hypoferraemia in adults: a systematic review. Obes Rev. 2012 Feb; 13(2):150-61.
28. Bordalo LA, Teixeira TFS, Bressan J, Mourão DM. Cirurgia bariátrica: como e por que suplementar. Rev Assoc Med Bras 2011; 57(1):113-120.
29. Traina F. Deficiência de ferro no paciente submetido à ressecção gástrica ou intestinal: prevalência, causas, repercussões clínicas, abordagem diagnóstica e prevenção. Rev. Bras. Hematol. Hemoter. 2010;32(Supl. 2):78-83.
30. Jóia-Neto L, Lopes-Junior AG, Jacob CE. Alterações metabólicas e digestivas no pós-operatório de cirurgia bariátrica. ABCD Arq Bras Cir Dig 2010;23(4):266-269.
31. Jáuregui-Lobera I. Iron deficiency and bariatric surgery. Nutrients. 2013 May 15;5(5):1595-608.
32. Aarts EO, Van Wageningen B, Janssen IM, Berends FJ. Prevalence of Anemia and Related Deficiencies in the First Year following Laparoscopic Gastric Bypass for Morbid Obesity. J Obes. 2012;2012:193705.
33. Salgado WJr, Modotti C, Nonino CB, Ceneviva R. Anemia and iron deficiency before and after bariatric surgery. Surgery for Obesity and Related Diseases, 2014; 10(1): 49-54.
34. Khanbhai M, Dubb S, Patel K, Ahmed A, Richards T. The prevalence of iron deficiency anaemia in patients undergoing bariatric surgery. Obes Res Clin Pract. 2015 Jan--Feb;9(1):45-9.

Downloads

Publicado

29.10.2018

Como Citar

1.
Aragão CAP, Araújo MSM. Prevalência de anemia ferropriva em obesos em preparo para cirurgia bariátrica. Com. Ciências Saúde [Internet]. 29º de outubro de 2018 [citado 15º de abril de 2024];26(03/04). Disponível em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/311

Edição

Seção

Saúde Coletiva