Riscos intrínsecos e extrínsecos para quedas em idosos residentes em área rural

Autores

DOI:

https://doi.org/10.51723/ccs.v33i03.1145

Palavras-chave:

Envelhecimento, Saúde do Idoso, Acidentes por quedas

Resumo

Objetivo: identificar os fatores intrínsecos e extrínsecos para quedas em idosos residentes em área rural. Método: Estudo transversal, descritivo realizado com idosos residentes em área rural do município de Arabutã – SC. Os dados foram obtidos por meio de entrevista e observação nas residências dos idosos no mês de julho de 2020. Resultados: Participaram do estudo 56 idosos, 58,9% do sexo feminino, a idade variou de 60 à 87 anos, 69,55 (± 6,75) anos. A presença de fatores extrínsecos variou de dois a dez por residência, com maior prevalência o vaso sanitário baixo (94,6%); cadeiras sem braços (83,9%); inexistência de barras de apoio no vaso e chuveiro (76,8%); tapetes e capachos (60,7%); objetos estocados em lugares altos (53,6%). Conclusões: Os fatores de riscos extrínsecos de quedas observados nesse estudo podem ser modificados a fim de se estabelecer um ambiente seguro para o idoso, sem grandes gastos ou mudanças radicais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafaela Dinorá Grosser, Universidade do Oeste de Santa Catarina – Unoesc

Graduação em Enfermagem, Universidade do Oeste de Santa Catarina – Unoesc. Joaçaba, Santa Catarina.

Luciano Fiorentin, Universidade do Oeste de Santa Catarina – Unoesc

Mestrando em Biociências e Saúde. Enfermeiro. Universidade do Oeste de Santa Catarina – Unoesc. Joaçaba, Santa Catarina, Brasil.

Mágda Letícia Pedroso Pereira, Universidade do Oeste de Santa Catarina – Unoesc

Mestranda em Biociências e Saúde. Enfermeira. Universidade do Oeste de Santa Catarina – Unoesc. Joaçaba, Santa Catarina, Brasil.

Sirlei Favero Cetolin, Universidade do Oeste de Santa Catarina – Unoesc

Doutora em Serviço social. Psicóloga. Universidade do Oeste de Santa Catarina – Unoesc. Joaçaba, Santa Catarina, Brasil.

Vilma Beltrame, Universidade do Oeste de Santa Catarina – Unoesc

Doutora em Gerontologia Biomédica. Enfermeira. Universidade do Oeste de Santa Catarina – Unoesc. Joaçaba, Santa Catarina, Brasil.

Referências

Silva A dos S, Fassarella BPA, Faria B de S, Nabbout TGME, Nabbout HGME, D’Avila J da C. Envelhecimento Populacional: Realidade Atual e Desafios. Glob. Acad. Nurs. J. 2022, 2 (Sup.3), e188. Disponível em: https://doi.org/10.5935/2675-5602.20200188.

Oliveira AS. Transição demográfica, transição epidemiológica e envelhecimento populacional no Brasil. Hygeia - Rev. Bras. Geogr. Médica E Saúde 2019, 15 (32), 69–79. Disponível em: https://doi.org/10.14393/Hygeia153248614.

IBGE. Número de idosos cresce 18% em 5 anos e ultrapassa 30 milhões em 2017 [Internet]. Agência de Notícias - IBGE. 2018. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/20980-numero-de-idosos-cresce-18-em-5-anos-e-ultrapassa-30-milhoes-em-2017

Nascimento M de M. Uma visão geral das teorias do envelhecimento humano. Saúde e Desenvolvimento Humano [Internet]. 2020;8:161–8. Disponível em: https://revistas.unilasalle.edu.br/index.php/saude_desenvolvimento/article/view/6192

Silva LMS, Berto CM, Silva FAA, Bezerra KMG, Marques APO. Fatores associados ao risco de queda em idosos: uma revisão integrativa. Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano [Internet]. 2020;17. Disponível em: http://seer.upf.br/index.php/rbceh/article/view/11988

Leitão SM, Centro Universitário Christus, Oliveira SC de, Universidade Federal do Ceará, Rolim LR, Centro Universitário Christus, et al. Epidemiologia das quedas entre idosos no Brasil: uma revisão integrativa de literatura. Geriatr, Gerontol Aging [Internet]. 2018;12:172–9. Disponível em: http://www.ggaging.com/details/484/en-US/epidemiology-of-falls-in-older-adults-in-brazil--an-integrative-literature-review

OMS. Caídas. Published April 26, 2021. Accessed April 12, 2022. https://www.who.int/es/news-room/fact-sheets/detail/falls

Teixeira DKS, Andrade LM, Santos JLP, Caires ES. Quedas em pessoas idosas: restrições do ambiente doméstico e perdas funcionais. Rev Bras Geriatr E Gerontol. 2019;22. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-22562019022.180229

Ríos-Fraustro C, Galván-Plata ME, Gómez-Galicia DL, Giraldo-Rodríguez L, Agudelo-Botero M, Mino-León D. Intrinsic and extrinsic factors associated with falls in older adults: a case-control study in Mexico. Gac Med Mex. Published online 2021:127-132. Disponível em: https://doi.org/10.24875/GMM.M21000537

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Projeção da população das unidades da federação e municípios. Brasília: IBGE, 2019. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sc/arabuta/panorama

Pimentel WRT, Pagotto V, Stopa SR, Hoffmann MCCL, Malta DC, Menezes RL de, et al. Falls requiring use of health services by the older adults: an analysis of the Brazilian National Health Survey, 2013. Cad Saúde Pública [Internet]. 2018;34(8). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0102-311X2018000806001&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Gonçalves AK, Teixeira AR, Valentini NC, Vargas ASR, Possamai VD, Martins VF. Multicomponent physical activity program: study with faller and non-faller older adults. J. Phys. Educ. [Internet]. 2019; 30: e3077. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2448-24552019000100263&lng=pt. Epub 20-Dez-2019.

Baixinho CL, Dixe MA, Madeira C, Alves S, Henriques MA. Falls in institutionalized elderly with and without cognitive decline A study of some factors. Dement. neuropsychol. [Internet]. 2019 Mar; 13( 1 ): 116-121. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1980-57642019000100116&lng=pt.

Scarmagnan GS, Mello SCM, Lino TB, Barbieri FA, Christofoletti G. A complexidade da tarefa afeta negativamente o equilíbrio e a mobilidade de idosos saudáveis. Rev. bras. geriatr. gerontol. [Internet]. 2021; 24( 1 ): e200120. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-98232021000100201&lng=pt.

Gomes GC, Moreira RS, Maia TO, Santos MAB, Silva VL. Fatores associados à autonomia pessoal em idosos: revisão sistemática da literatura. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. 2021 Mar; 26( 3 ): 1035-1046. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232021000301035&lng=en.

Abreu DROM, Azevedo RCS, Silva AMC, Reiners AAO, Abreu HCA. Fatores associados à recorrência de quedas em uma coorte de idosos. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. 2016 Nov; 21( 11 ): 3439-3446. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016001103439&lng=pt.

Cruz DT, Cruz FM, Ribeiro AL, Veiga CL, Leite ICG. Associação entre capacidade cognitiva e ocorrência de quedas em idosos. Cad. saúde colet. [Internet]. 2015 Dec; 23( 4 ): 386-393. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-462X2015000400386&lng=en.

Smith AA, Silva AO, Rodrigues RAP, Moreira MASP, Nogueira JA, Tura LFR. Avaliação do risco de quedas em idosos residentes em domicílio. Rev. Latino-Am. Enfermagem [Internet]. 2017; 25: e2754. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692017000100318&lng=en. EpubApr06, 2017.

Paz LPS, Borges LL, Marães VRFS, Gomes MMF, Bachion MM, Menezes RL. Fatores associados a quedas em idosos com catarata. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. 2018 Ago; 23( 8 ): 2503-2514. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232018000802503&lng=pt.

Rodrigues IG, Fraga GP, Barros MBA. Falls among the elderly: risk factors in a population-based study. Rev. bras. epidemiol. [Internet]. 2014; 17( 3 ): 705-718. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2014000300705&lng=en.

Pereira SG, Santos CB dos, Doring M, Portella MR, Pereira SG, Santos CB dos, et al. Prevalence of household falls in long-lived adults and association with extrinsic factors. Rev Lat Am Enfermagem [Internet]. 2017;25. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0104-11692017000100382&lng=en&nrm=iso&tlng=em

Moraes SA de, Soares WJS, Lustosa LP, Bilton TL, Ferrioli E, Perracini MR, et al. Characteristics of falls in elderly persons residing in the community: a population-based study. Rev Bras Geriatr E Gerontol [Internet]. outubro de 2017;20(5):691–701. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1809-98232017000500691&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

Rossetin LL, Rodrigues EV, Gallo LH, Macedo DS, Schieferdecker MEM, Pintarelli VL et al . Indicadores de sarcopenia e sua relação com fatores intrínsecos e extrínsecos às quedas em idosas ativas. Rev. bras. geriatr. gerontol. [Internet]. 2016 June; 19( 3 ): 399-414. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-98232016000300399&lng=en.

Publicado

02.09.2022

Como Citar

1.
Grosser RD, Fiorentin L, Pedroso Pereira ML, Favero Cetolin S, Beltrame V. Riscos intrínsecos e extrínsecos para quedas em idosos residentes em área rural . Com. Ciências Saúde [Internet]. 2º de setembro de 2022 [citado 26º de setembro de 2022];33(03). Disponível em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/1145

Edição

Seção

Saúde Coletiva

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)