Uso de prescrição pictográfica e outras intervenções farmacêuticas em hospital pediátrico

um relato de experiencia

Autores

  • Sarah Kelly Souza de Carvalho Faria Escola Superior em Ciências da Saúde
  • Alcidésio de Sales Souza Júnior Hospital Materno Infantil de Brasília - HMIB/SES-DF

DOI:

https://doi.org/10.51723/ccs.v33i03.1122

Palavras-chave:

Prescrições, Assistência farmacêutica, Adesão à medicação, Pediatria, Educação em saúde

Resumo

Introdução: A baixa escolaridade pode estar associada ao uso inadequado de medicamentos, requerendo o uso de alternativas para facilitar a interpretação das prescrições. Objetivo: discutir a experiência do uso de prescrição pictográfica com os responsáveis por pacientes pediátricos, durante internação hospitalar. Método: a elaboração da prescrição foi apoiada por entrevista com a cuidadora para identificar estratégias que a auxiliassem no entendimento do uso correto dos medicamentos.  O uso de cores e pictogramas foi utilizado para a elaboração da prescrição. Resultados: durante o acompanhamento, foram observados resultados positivos que poderiam impactar na adesão da farmacoterapia não confirmados devido à suspensão dos medicamentos. Conclusão: no Brasil há um número pequeno de publicações a respeito do uso de pictogramas o que demonstra a necessidade de publicar mais artigos sobre o tema e o impacto acarretado na saúde das crianças e no Sistema Único de Saúde se houvesse aumento da adesão aos tratamentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sarah Kelly Souza de Carvalho Faria, Escola Superior em Ciências da Saúde

Graduada em Farmácia pela Universidade de Brasília (UnB). Residente em Saúde da Criança - Escola Superior de Saúde (ESCS). Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Alcidésio de Sales Souza Júnior, Hospital Materno Infantil de Brasília - HMIB/SES-DF

Doutor em Desenvolvimento Inovação Tecnológica em Medicamentos pela Universidade Federal do Ceará/UFRN/UFRPE/UFPB, Preceptor do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Criança no Hospital Materno Infantil de Brasília. Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Referências

Fekadu G, Abdisa E, Fanta K. Medication prescribing errors among hospitalized pediatric patients at Nekemte Referral Hospital, western Ethiopia: cross-sectional study. BMC Res Notes 2019; 12: 421 Disponíveis em: https://bmcresnotes.biomedcentral.com/articles/10.1186/s13104-019-4455-1

Girotto E, Silva PV. A prescrição de medicamentos em um município do Norte do Paraná. Rev. Bras. Epidemiol. 2006; 9(2): 226-234. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbepid/a/nBvs8fgQNXw5MrCyy7XVdFp/?lang=pt&format=pdf

Menezes ANS, Domingues MR, Baisch ALM. Compreensão das prescrições pediátricas de antimicrobianos em Unidades de Saúde em um município do sul do Brasil. Rev. Bras. Epidemiol. 2019; 12(3): 478 - 489. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1415-790X2009000300016

Maragno CAD, Luiz PPV. Letramento em saúde e adesão ao tratamento medicamentoso: uma revisão de literatura. Revista Iniciação Científica. 2016; 14: 5-18. Disponível em: http://periodicos.unesc.net/iniciacaocientifica/article/view/2672

Gates PJ, Baysari MT, Gazarian M, Raban MZ, Meyerson S, Westbrook JI. Prevalence of Medication Errors Among Paediatric Inpatients: Systematic Review and Meta-Analysis. Drug Saf. 2019; 42: 1329–1342. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs40264-019-00850-1

Bailey SC, Pandit AU, Yin S, Federman A, Davis TC, Parker RM, Wolf MS. Predictors of misunderstanding pediatric liquid medication instructions. Family Medicine. 2009; 41 (10): 715-721. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/19882395/

Rocha G C, Pires MCPC, Teixeira HS. Pictogramas: estratégias para auxílio aos idosos no uso correto dos Medicamentos. Brazilian Journal of Development. 2021; 7(12): 12074 – 12078. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/ojs/index.php/BRJD/article/view/42037/pdf

Arruda DCJ, Eto FN, Velten APC, Morelato RL, Oliveira ERA. Fatores associados a não adesão medicamentosa entre idosos de um ambulatório filantrópico do Espírito Santo. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol. 2015; 18(2): 327-337. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1809-9823.2015.14074

Kaushal R, Goldmann DA, Keohane CA, Christino M, Honour M, Hale AS, Zigmont K, Lehmann LS, Perrin J, Bates DW. Adverse drug events in pediatric outpatients. Ambulatory pediatrics. 2007; 7(5): 383 – 389. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/17870647/

Praska JL, Kripalani S, Seright AL, Jacobson TA. Identifying and Assisting Low-Literacy Patients with Medication Use: A Survey of Community Pharmacies. Ann Pharmacother. 2005; 39(9):1441-1445. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/16046489/

Conceição SB, Mariúba GB, Santos NS; Rebelo MA, Pereira MD. Envelhecimento populacional com foco no uso racional de medicamentos: o papel do farmacêutico. Revista Intersaúde. 2019; 1(1), 37- 46.

Ferreira DM, Lopes IMRS. Implantação da prescrição pictográfica como uma tática para descomplicar a adesão ao tratamento farmacológico por pacientes atendidos na unidade de saúde Ana Nery no município de União – Piauí. Disponível em: https://ares.unasus.gov.br/acervo/html/ARES/15270/1/DARLANE%20DE%20MELO%20FERREIRA%202.pdf .

Neto JAC, Costa LA, Estevanin GM, Bignoto TC, Pinheiro GF, Alves GL, Ferreira RE. Uso de pictogramas na prescrição médica e letramento funcional em saúde. Brazilian Journal of Surgery and Clinical Research. 2018; 23(2), 51-57.

Prata PBA, Cunha MR, Pereira EG, Nichiata LYI. Atenção farmacêutica e a humanização da assistência: lições aprendidas na promoção da adesão de usuários aos cuidados terapêuticos nas condições crônicas. O Mundo da Saúde. 2012; 36 (3): 526-530. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/artigos/mundo_saude/atencao_farmaceutica_humanizacao_assistencia_licoes.pdf

Albuquerque GSC, Nascimento B, Gracia DFK, Preisler L, Perna PO, Silva MJS. Adesão de hipertensos e diabéticos analfabetos ao uso de medicamento a partir da prescrição pictográfica. Trab, Educ. e Saúde. 2016; 14(2), 611-624. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-7746-sip00112

Araújo MRA, Campos FF, Fagundes KEA. Prescrição pictográfica: uma estratégia facilitadora da adesão ao tratamento farmacológico. Disponível em: http://www.abep.org.br/publicacoes/index.php/anais/article/view/3197/3058.

Flick U. Introdução à metodologia de pesquisa: um guia para iniciantes. Porto Alegre: Penso; 2013.

Casarin ST, Porto AR. Relato de experiência e estudo de caso: algumas considerações. J. nurs. Health. 2021; 11(2):e2111221998. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/enfermagem/article/view/21998/13686

Romão A, Simon PEA, Góes JEC, Pinto LLC, Giugliani R, Luca GL, Carvalho FLC. Apresentação clínica inicial dos casos de erros inatos do metabolismo de um hospital pediátrico de referência: ainda um desafio diagnóstico. Rev Paul Pediatr. 2018; 35(3): 258-264. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1984-0462/;2017;35;3;00012

El Husny AS, Fernandes-Caldato MC. Erros inatos do metabolismo: revisão de literatura. Rev. Paraense de Med. 2006; 20(2): 41-45. Disponível em: http://scielo.iec.gov.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-59072006000200008

Rosa MB, Perini E. Erros de medicação: quem foi? Rev Assoc Med Bras. 2003; 49(3): 335-341. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0104-42302003000300041

Medeiros GCR, Silva PQ, Silva AS, Leal LB. Pictogramas na orientação farmacêutica: um estudo de revisão. Rev. Bras. Farm. 2011; 92(3): 96-103. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/306224140_Pictogramas_na_Orientacao_Farmaceutica_um_estudo_de_revisao

Wolpin SE, Nguyen JK, Parks JJ, Alam AY, Morisky DE, Fernando L, Chu A, Berry DL. Redesigning pictographs for patients with low health literacy and establishing preliminary steps for delivery via smart phones. Pharmacy Practice. 2016; 14(2): 686. Disponível em: https://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1885-642X2016000200004

Sampaio LF, Silva LML, Velho GCC, Martins MGG, Castilho SR, Altenburg SP. Pictogramas como linguagem para a compreensão da prescrição medicamentosa. Rev. Bras. Farm. 2008; 89(2): 150-154.

Galato F, Just MC, Galato D, Silva WB. Desenvolvimento e Validação de Pictogramas para o Uso Correto de Medicamentos: Descrição de um Estudo-Piloto. Acta Farm. Bonaerense. 2006, 25 (1): 131-138. Disponível em: http://www.latamjpharm.org/trabajos/25/1/LAJOP_25_1_4_2_839R0O9BUN.pdf

Publicado

02.09.2022

Como Citar

1.
Souza de Carvalho Faria SK, de Sales Souza Júnior A. Uso de prescrição pictográfica e outras intervenções farmacêuticas em hospital pediátrico: um relato de experiencia. Com. Ciências Saúde [Internet]. 2º de setembro de 2022 [citado 26º de setembro de 2022];33(03). Disponível em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/1122

Edição

Seção

Clínica Assistencial