Alterações no comportamento alimentar durante o período de isolamento social na pandemia por COVID-19

Autores

  • Tamiris Andressa Leite Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO
  • Milena Morelli de Oliveira Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO
  • Elis Regina Ramos Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO
  • Caryna Eurich Mazur Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO
  • Vania Schmitt Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO

DOI:

https://doi.org/10.51723/ccs.v33i03.1048

Palavras-chave:

Consumo de alimentos, Distanciamento físico, Transtorno da Compulsão Alimentar

Resumo

Introdução: desde a deflagração da pandemia de COVID-19 em 2020, parte da população brasileira passou por isolamento social, com cuidados para mitigar os efeitos do vírus. A fome emocional, desencadeada por situações de depressão, ansiedade, estresse, no qual a comida é vista como uma compensação. Objetivos: analisar as alterações no comportamento alimentar durante o período de isolamento social Método: aplicado formulário on-line veiculado nas mídias sociais tendo como público-alvo a população adulta. Resultados: Participaram da pesquisa 420 pessoas, 90% do sexo feminino, 91.7% estavam em isolamento com a família/amigos, 77,8% expuseram mudanças na alimentação, 53,8% afirmaram que estavam ingerindo mais alimentos. Entre aqueles que sentiam-se bem na quarentena, 93,9% relataram que tiveram mudanças em relação à alimentação, 65,2% consumiram maior quantidade de alimentos, 62,8% encontravam consolo na comida e 61% sentiam fome frequentemente (p<0,05). Conclusão: Houve alteração no comportamento e hábito alimentar dos participantes durante o período de isolamento social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tamiris Andressa Leite, Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO

Graduanda em Nutrição. Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO). Guarapuava, Paraná, Brasil.

Milena Morelli de Oliveira, Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO

Graduanda em Nutrição. Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO). Guarapuava, Paraná, Brasil.

Elis Regina Ramos, Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO

Graduanda em Nutrição. Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO). Guarapuava, Paraná, Brasil.

Caryna Eurich Mazur, Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO

Nutricionista. Docente do Departamento de Nutrição (DENUT) da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO). Guarapuava, Paraná, Brasil.

Vania Schmitt, Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO

Nutricionista. Docente do Departamento de Nutrição (DENUT) da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO). Guarapuava, Paraná, Brasil.

Referências

Naja F, Hamadeh R. Nutrition amid the COVID-19 pandemic: a multi-level framework for action. European Journal of Clinical Nutrition 2020, 74(8): 1–5. DOI: 10.1038/s41430-020-0634-3

Parasher A. COVID-19: Current understanding of its Pathophysiology, Clinical presentation and Treatment. Postgraduate Medical Journal, 2021, 97:.312-320. DOI: 10.1136/postgradmedj-2020-138577

Hart JL, Turnbull AE, Oppenheim IM, Courtright KR. Family-Centered Care During the COVID-19 Era. Journal of Pain and Symptom Management 2020, 60(2): 93-97. DOI: 10.1016/j.jpainsymman.2020.04.017

Organização Mundial Da Saúde (OMS). Pandemic COVID-19. https://www.who.int/pt Acesso em 21/07/2021.

Oliveira TC, Abranches MV, Lana RM. Food (in)security in Brazil in the context of the SARS-CoV-2 pandemic. Caderno Saúde Pública 2020, 36(4). DOI: 10.1590/0102-311X00055220

Moock M, Mello PMVC. Pandemia do Covid-19. Revista Brasileira Terapia Intensiva 2020, 32(1). DOI: 10.5935/0103-507X.20200001

Deram S. O peso das dietas Emagreça de forma sustentável dizendo não as dietas. Sextante: Rio de Janeiro; 2018.

Giel KE, Schurr M, Zipfel S, Junne F, Schag K. Eating behavior and symptom trajectories in patients with a history of binge eating disorder during COVID-19 pandemic. European Eating Disorders Review 2021, 29: 657-662. DOI: 10.1002/erv.2837

Rigon SA, Schmidt ST, Bógus CM. Desafios da nutrição no Sistema Único de Saúde para construção da interface entre a saúde e a segurança alimentar e nutricional. Cadernos de Saúde Pública 2016, 32(3): 00164514. DOI: 10.1590/0102-311X00164514

Maranhão RA, Senhoras EM. Pacote econômico governamental e o papel do BNDES na guerra contra o novo coronavírus. Boletim de Conjuntura (BOCA) 2020, 2(4): 27-39. DOI: 10.5281/zenodo.3748888

Jaime PC. Pandemia de COVID19: implicações para (in)segurança alimentar e nutricional. Ciência e Saúde Coletiva 2020, 25(7). DOI: 10.1590/1413-81232020257.12852020

Butler MJ, Barrientos RM. The impact of nutrition on COVID-19 susceptibility and long-term consequences. Brain, behavior, and immunity, 2020 87: 53–54. DOI: 10.1016/j.bbi.2020.04.040

Finer N, Garnett SP, Bruun JM. Covid-19 and obesity. Journal Clinical Obesity 2020, 10: 1–2. DOI: 10.1111/cob.12365

Reents J, Seidel AK, Wiesner CD, Pedersen A. The Effect of Hunger and Satiety on Mood-Related Food Craving. Frontiers in Psychology 2020, 11: 2834. DOI: 10.3389/fpsyg.2020.568908

Contento I. Nutrition Education: Linking Research, Theory, and Practice. Boston: Jones and Bartlett Publishers 2011, 17(1): 43-62.

Devonport TJ, Nicholls W, Fullerton C. A systematic review of the association between emotions and eating behaviour in normal and overweight adult populations. Journal of Health Psychology, 2019, 24(1):.3-24. DOI: 10.1177/1359105317697813

Alvarenga M et al. (Org.). Nutrição comportamental. 2 ed. Manole: Barueri; 2018.

Garcia GD, Pompeo DA, Eid LP et al. Relação entre sintomatologia ansiosa, depressiva e compulsão alimentar em pacientes com doenças cardiovasculares. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 2018, 26:.3040. DOI: 10.1590/1518-8345.2567.3040

Natacci, L.C.; Ferreira Junior, M. The three factor eating questionnaire - R21: tradução para o português e aplicação em mulheres brasileiras. Revista de Nutrição 2011, 24, (3). DOI: 10.1590/S1415-52732011000300002

Biaggio AMB, Natalício L. IDATE: Inventário de Ansiedade Traço-Estado Manual. Rio de Janeiro: CEPA; 2003.

Zeigler Z. COVID-19 Self-quarantine and Weight Gain Risk Factors in Adults. Current obesity reports, 2021: s13679-021-00449-7. DOI: 10.1007/s13679-021-00449-7

Kriaucioniene V, Bagdonaviciene L, Rodríguez-Pérez C, Petkeviciene J. Associations between Changes in Health Behaviours and Body Weight during the COVID-19 Quarantine in Lithuania: The Lithuanian COVIDiet Study. Nutrients 2020, 12(10): 3119. DOI: 10.3390/nu12103119

Costa JWS, Silva KKM, Bezerra CMB et al. Estresse e comportamento alimentar durante a graduação de Enfermagem: estudo transversal. Online Brazilian Journal of Nursing 2017, 16: 41-43. DOI: 10.1590/S0080-623420140000300018

De Aro F, Pereira BV, Bernardo DNA. Comportamento alimentar em tempos de pandemia por Covid-19. Brazilian Journal of Development, 2021, 7(6):59736-59748. DOI: 10.34117/bjdv7n6-386

Enumo SRF, Weide JN, Vicentini ECC et al. Enfrentando o estresse em tempos de pandemia: proposição de uma Cartilha. Estudos de Psicologia 2020, 37: e200065. DOI: 10.1590/1982-0275202037e200065

Faro A, Bahiano MA, Nakano TC et al. COVID-19 e saúde mental: a emergência do cuidado. Estudos de Psicologia 2020, 37: e200074. DOI: 10.1590/1982-0275202037e200074

De Pasquale C, Sciacca F, Conti D et al. Relations between mood states and eating behavior during COVID-19 pandemic in a sample of Italian college students. Frontiers in Psychology, 2021, 12:684195. DOI: 10.3389/fpsyg.2021.684195

Mcatamney K, Mantzios M, Egan E, Wallis DJ. Emotional eating during COVID-19 in the United Kingdom: Exploring the roles of alexithymia and emotion dysregulation. Appetite 2021, 161: 105-120. DOI: 10.1016/j.appet.2021.105120

Hussain A, Mahawar K, Xia Z et al. Obesity and mortality of COVID-19. Meta-analysis. Obesity research & clinical practice 2020, 14(4): 295–300. DOI: 10.1016/j.orcp.2020.07.002

Publicado

02.09.2022

Como Citar

1.
Leite TA, de Oliveira MM, Ramos ER, Eurich Mazur C, Schmitt V. Alterações no comportamento alimentar durante o período de isolamento social na pandemia por COVID-19. Com. Ciências Saúde [Internet]. 2º de setembro de 2022 [citado 26º de setembro de 2022];33(03). Disponível em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/1048

Edição

Seção

Clínica Assistencial