https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/gateway/plugin/AnnouncementFeedGatewayPlugin/atom Comunicação em Ciências da Saúde: Anúncios 2022-09-20T20:56:53+00:00 Open Journal Systems <p>A Revista Comunicação em Ciências da Saúde foi criada em 1990 com o nome de Revista de Saúde do Distrito Federal e a partir de 2006, passou para a denominação atual. É uma revista da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS) e tem regularidade trimestral. Sua distribuição é gratuita para as instituições acadêmicas de todo o Brasil e para a rede do Sistema Único de Saúde do Distrito Federal (DF).</p> https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/47 Conteúdo: INFORME CCS 2022-09-20T20:56:53+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p><img src="https://revistaccs.escs.edu.br/public/site/images/ojs_/mceclip0.png" /></p> 2022-09-20T20:56:53+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/45 Chamada Pública: PRORROGADO o prazo para submissão de artigos para seção temática! 2022-08-02T16:03:54+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p><img src="https://revistaccs.escs.edu.br/public/site/images/ojs/whatsapp-image-2022-05-06-at-11.08.44-69606e3e3d69025986c144a661f4eaeb.jpg" /></p> <p>O Conselho de Política Editorial da revista Comunicação em Ciências da Saúde prorrogou o prazo para submissão de artigos para chamada pública de artigos produzidos por estudantes de graduação de cursos de saúde no âmbito de programas de iniciação científica nos anos de 2019, 2020 e 2021. <strong>Serão aceitas novas submissões até o dia 15/08/22.</strong></p> <p>Na primeira página da submissão, os autores deverão escolher a '<em>Seção temática - Artigos oriundos de Programas de Iniciação Cient´ífica'</em> . Para informações a respeito das modalidades de artigos aceitas para publicação, acesse o <a href="https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/libraryFiles/downloadPublic/46">Manual do Autor</a> .</p> 2022-08-02T16:03:54+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/41 Chamada Pública: Chamada pública para artigos produzidos em programas de iniciação científica 2022-05-13T14:14:25+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p><img src="https://revistaccs.escs.edu.br/public/site/images/ojs/whatsapp-image-2022-05-06-at-11.08.44-69606e3e3d69025986c144a661f4eaeb.jpg" /></p> <p>O Conselho de Política Editorial da revista Comunicação em Ciências da Saúde abre chamada pública para submissão de artigos produzidos por estudantes de graduação de cursos de saúde no âmbito de programas de iniciação científica nos anos de 2019, 2020 e 2021. <strong>Os artigos poderão ser submetidos até</strong> <strong>o dia</strong> <strong>31/07/22</strong>. Para informações a respeito das modalidades aceitas para publicação, acesse o <a href="https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/libraryFiles/downloadPublic/46">Manual do Autor</a></p> 2022-05-13T14:14:25+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/36 Chamada Pública: Lançamento do novo Manual do Autor da revista CCS! 2021-06-09T16:47:01+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2021-06-09T16:47:01+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/35 Chamada Pública: Revista CCS abre chamada de artigos para edição temática 2021-03-19T19:19:20+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <div id="yiv1873075421yMail_cursorElementTracker_1616176318990">O Conselho de Política Editorial da Revista CCS tem a satisfação de divulgar esta chamada para um número temático sobre a educação profissional em saúde no Distrito Federal a partir da contribuição das escolas mantidas pela Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (FEPECS): Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS), Escola Ténica de Saúde de Brasília (ETESB) e Escola de Aperfeiçoamento do Sistema Único de Saúde (EAPSUS). &lt;&gt;</div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;</div> <div>Os artigos a serem publicados neste número deverão descrever as iniciativas que originaram as instituições de ensino e pesquisa mantidas pela Fepecs (1), analisar o momento atual e sua complexidade(2) , ou apontar alternativas para o futuro da formação profissional, da pesquisa, da pós-graduação stricto e lato sensu em uma dessa Escolas (3). &lt;&gt;</div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;</div> <div><strong>O artigo deverá ser enviado inicialmente para o e-mail revistaccs.especial2021@escs.edu.br até 30 de maio de 2021.</strong> Os trabalhos selecionados na primeira etapa serão comunicados via e-mail e serão orientados a realizar a submissão na plataforma eletrônica da revista.</div> <div><img src="https://revistaccs.escs.edu.br/public/site/images/ojs/img-20210319-wa0007.jpg" alt="" width="700" height="700"></div> <div>&nbsp;</div> <div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;</div> <div>&nbsp;</div> <div id="yiv1873075421yMail_cursorElementTracker_1616176272856">Os artigos temáticos poderão ser no formato de artigo ou ensaio (máximo 8000 palavras), artigos de opinião ou relato de experiência (6000 palavras). Todos devem seguir as normas da Revista Comunicação em Ciências da Saúde disponíveis em: https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/about/submissions</div> <div>&nbsp;</div> </div> 2021-03-19T19:19:20+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/33 Conteúdo: Dica de artigo - Dia Internacional da Mulher 2021-03-08T15:21:02+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p>Em 2020, a Revista CCS publicou duas edições com&nbsp;artigos oriundos dos Programas de Mestrados Profissionais em Saúde de todo&nbsp;Brasil!<br><br>Um desses trabalhos acaba de ser recomendado pela Defensoria Pública do Estado da Bahia&nbsp; – DPE/BA, como proposta de cuidado, no encontro do Grupo de Estudos e Pesquisa População de Rua e Direitos Humanos – GE Pop Rua realizado virtualmente no dia 22/02/21.<br>&nbsp;<br>Aproveitando a &nbsp;recomendação e a Semana da Mulher, a dica de artigo dessa semana é resultado da dissertação de mestrado do Programa de Pós-Graduação da Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS:</p> <p><strong><a href="https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/596">Fluxograma do cuidado da(o) enfermeira(o) à gestante em situação de rua</a></strong></p> <p>As mulheres que gestam nas ruas estão expostas ao mundo de violências e violações, com ausências, direitos negados e assistência não prestada, mesmo com demandas de saúde importantes e específicas, já que a maioria são consideradas gestantes de alto risco.<br><br>O estudo teve como objetivo apresentar novo itinerário para o cuidado de gestantes em situações de rua, para viabilizar o atendimento em aspectos que variam desde o acolhimento até a garantia da continuidade dos serviços na rede, não apenas de saúde, mas também daqueles que irão garantir direitos sociais e de cidadania.</p> <p>Essa proposta aponta caminhos para repensar o cuidado, o qual deve ser compreensivo e sensível, na perspectiva da garantia ao acesso a assistência pré-natal de qualidade, em aspectos que vão desde o acolhimento até a garantia da continuidade do cuidado. &nbsp;<br><br><img class="CToWUd" src="https://mail.google.com/mail/e/1f4a1" alt="💡" data-goomoji="1f4a1" data-image-whitelisted="">&nbsp;&nbsp;Quem sabe esse modelo pode também fazer parte das políticas públicas de sua cidade?&nbsp;</p> <p>&nbsp;</p> <p>Expediente: Claudia Cardoso / Luciano de Paula Camilo</p> 2021-03-08T15:21:02+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/32 Conteúdo: Dica de artigo! Uso eletrônico de cigarros 2021-02-25T15:56:02+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p style="font-weight: 400;">No artigo recomendado da semana, pesquisadoras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-Brasília) analisaram as evidências sobre o uso de cigarros eletrônicos por adolescentes e jovens adultos.</p> <p style="font-weight: 400;">Há uma discussão continuada sobre a segurança dos e-cigarros e a ligação com a iniciação do fumo do cigarro e da dependência do tabaco. Os cigarros eletrônicos são dispositivos operados por bateria,&nbsp; usados para inalar um aerossol, que normalmente contém aromas de nicotina e outros produtos químicos. Venda, importação e publicidade de cigarros eletrônicos e outros dispositivos eletrônicos para fumar (ESDs) estão proibidos no Brasil desde 2009, desde a publicação da Resolução RDC 46 pela Anvisa.</p> <p style="font-weight: 400;">&nbsp;</p> <p style="font-weight: 400;"><em>Para saber o resultado da pesquisa, leia o artigo na íntegra:</em></p> <p style="font-weight: 400;"><a title="Uso eletrônico de cigarros e iniciação de fumo em adolescentes e jovens: síntese de evidências" href="https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/598"><strong>Uso eletrônico de cigarros e iniciação de fumo em adolescentes e jovens: síntese de evidências.</strong></a></p> <p style="font-weight: 400;">&nbsp;</p> <p style="font-weight: 400;">Expediente: Cláudia Cardoso / Luciano de Paula Camilo</p> 2021-02-25T15:56:02+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/31 Chamada Pública: Número temático sobre Avaliação em Saúde 2021-02-22T22:00:22+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p>&nbsp; &nbsp; &nbsp; &nbsp; &nbsp; &nbsp;O Conselho de Política Editorial da Revista Comunicação em Ciências (CCS) anuncia a parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca da Fundação Oswaldo Cruz (ENSP/Fiocruz) para <strong>publicação de artigos</strong> derivados dos Trabalhos de Conclusão do Curso de Especialização em <strong>Avaliação em Saúde</strong>.</p> <p>&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp; Este curso de especialização é fruto de uma cooperação entre o Laboratório de Avaliação de Situações Endêmicas Regionais, da ENSP/Fiocruz, e a Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES-DF). Os artigos poderão ser modelados nos seguintes formatos: <strong>plano de monitoramento, plano de avaliação e pesquisa avaliativa</strong>.</p> <p>&nbsp; &nbsp; &nbsp; &nbsp; &nbsp; &nbsp; Ao publicar este número temático, a Revista CCS visa promover a divulgação e disseminação de conteúdos de interesse do campo do monitoramento e avaliação (M&amp;A) de ações, programas e políticas governamentais para o apoio à gestão, principalmente na tomada de decisões. Busca-se também a mobilização de conhecimentos para fomentar a cultura de institucionalização do M&amp;A e suas práticas para o SUS, dentro do contexto da saúde do Distrito Federal. &nbsp;</p> <p><strong>&nbsp;</strong></p> <p><strong>Prazo para submissão dos artigos: 10/06/2021. </strong>Os artigos deverão ser enviados para o e-mail: <a href="mailto:revistaccsavaliacaosaude@escs.edu.br">revistaccsavaliacaosaude@escs.edu.br</a></p> <p>&nbsp;</p> <p><a href="https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/libraryFiles/downloadPublic/39">Normas para elaboração de artigos para número temático sobre AVALIAÇÃO EM SAÚDE</a></p> 2021-02-22T22:00:22+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/30 Conteúdo: Dica de artigo! Nitazoxanida e Ivermectina podem ser usadas profilaticamente na COVID-19? 2021-02-18T21:17:20+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2021-02-18T21:17:20+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/29 Conteúdo: Dica de artigo! Revisitando a História da VIII Conferência Nacional de Saúde 2021-02-09T21:25:38+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p style="font-weight: 400;">O artigo dessa semana contempla questões históricas sobre a criação do SUS, trazendo o relato documentado de um pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública - ENSP/Fiocruz:</p> <p style="font-weight: 400;"><strong>Revisitando a História da VIII Conferência Nacional de Saúde: raízes dos dilemas e desafios do SUS</strong></p> <p style="font-weight: 400;">A crise sanitária desencadeada pela pandemia de COVID-19 evidenciou a importância do Sistema Único de Saúde (SUS) para a população brasileira. O autor convida os leitores a acompanhá-lo, em&nbsp;visita documental, às plenárias e resoluções da VIII Conferência Nacional de Saúde, ressaltando os movimentos de consenso e dissenso e suas determinações políticas e sociais.</p> <p style="font-weight: 400;">O texto discute o conceito de universalidade na saúde, a proposta de estatização da saúde pública e as dimensões do SUS como Sistema ou como Serviço Unificado de Saúde.</p> <p style="font-weight: 400;">Ao mesmo tempo, estimula as novas gerações a construírem uma saída melhor para os desafios que permanecem.</p> <p style="font-weight: 400;"><em>Leia o artigo na íntegra:</em></p> <p style="font-weight: 400;"><a href="https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/535" data-saferedirecturl="https://www.google.com/url?q=https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/535&amp;source=gmail&amp;ust=1612991645879000&amp;usg=AFQjCNEg8e6ZSjxDq7bB52vWl1y-GTU3Aw">https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/535</a></p> <p style="font-weight: 400;">&nbsp;</p> <p style="font-weight: 400;">Expediente: Cláudia Cardoso / Luciano de Paula Camilo</p> 2021-02-09T21:25:38+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/28 Conteúdo: Feliz Natal e um ótimo Ano Novo! 2020-12-24T17:17:41+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2020-12-24T17:17:41+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/27 Conteúdo: Breve análise sobre o enfrentamento da pandemia da COVID-19 nos EUA e no Brasil 2020-11-13T16:26:34+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p><strong>1. Camilo e Gottems</strong>: <strong>Caro Prof. Eduardo Siqueira, conte-nos um pouco de sua trajetória profissional.</strong></p> <p><strong>Eduardo Siqueira:</strong> Estou radicado nos Estados Unidos desde 1989, ou seja, a maior parte da minha carreira se deu nos EUA. Ao longo da minha trajetória profissional pesquisei a economia política da migração de produtos e substâncias perigosas entre países desenvolvidos e periféricos, questões de políticas de ambiente do trabalho para trabalhadores de serviços de saúde, justiça ambiental e saúde dos imigrantes brasileiros em Massachusetts, políticas de saúde no Brasil, e desigualdades em saúde e segurança no trabalho.</p> <p>Coordeno também um projeto intitulado Projeto Transnacional Brasileiro no Instituto Mauricio Gastón da UMass Boston, através do qual supervisionei alunos de doutorado, pós-doutores e alunos de graduação brasileiros nos últimos 10 anos. Graças a este intercâmbio minhas linhas de pesquisa se ampliaram para diversos outros temas em saúde pública.</p> <p>&nbsp;</p> <p><strong>2. Camilo e Gottems</strong>: <strong>Poderia descrever um paralelo das medidas gerais de enfrentamento da pandemia, implementadas pelos Governos dos EUA e do Brasil? Sobretudo, uma análise sobre os desdobramentos das medidas tomadas, as quais têm em comum a tomada de decisões retardadas e a negação da gravidade da pandemia, mas que no decorrer das medidas, acabaram por conduzir ações bem diferentes em termos de compromisso público com a proteção de vidas.</strong></p> <p><strong>Eduardo Siqueira</strong> - Na verdade, tanto o governo Trump nos EUA como o governo Bolsonaro no Brasil adotaram o negacionismo como fundamento das políticas de controle da COVID-19 adotadas ou boicotadas. Ambos se opuseram ao enfrentamento centralizado, coordenado, e, portanto, nacional, da pandemia através dos órgãos do governo federal. Em ambos os países, os governadores dos Estados tiveram que arcar com decisões fundamentais sobre como controlar a transmissão do novo Coronavirus, desde onde comprar equipamentos de proteção individual e kits para testes até o estabelecimento de quarentenas. [...]</p> <p>Para ler a entrevista na íntegra, acesse o link:</p> <p><a title="Enfrentamento da pandemia da COVID-19 nos EUA e no Brasil" href="https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/846">https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/article/view/846</a></p> 2020-11-13T16:26:34+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/26 Chamada Pública: A divulgação científica dos mestrados em saúde no Brasil 2020-10-02T23:38:02+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2020-10-02T23:38:02+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/24 Chamada Pública: Publicações Fast Track sobre a COVID-19 2020-05-13T23:44:55+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p>Em publicações acadêmicas, os&nbsp;<em>preprints</em>&nbsp;são uma versão dos manuscritos antes da avaliação por pares, os quais certificam ou não sua publicação formal em um periódico. Segundo informações obtidas no repositório digital&nbsp;<em>Scielo</em>, listamos algumas vantagens desse formato: acesso aberto de forma imediata ao artigo, divulgação pública de trabalhos recentes e ‘invisíveis’, como as teses e bolsas de doutorado. obter mais comentários sobre seu trabalho por parte outros pesquisadores, entre outras.</p> <p>Apesar das vantagens listadas acima, pela experiência adquirida nesse período de pandemia e considerando a demanda por estudos de qualidade relacionadas à COVID-19, o Conselho Editorial da revista CCS optou por fazer <strong>alterar a forma de avaliação</strong> dos artigos do formato PREPRINT para o formato FAST TRACK, ou seja, todos os trabalhos recebidos que atendam às normas de publicação e estejam dentro do escopo desta seção, passarão por um processo de revisão por pares (Peer Review) acelerada - nesse formato, a expectativa é que os artigos sejam avaliados e, quando aceitos, publicados no período de 3 a 4 semanas. Diversos periódicos nacionais e internacionais tem adotado esse formato nas publicações sobre a COVID-19 visando aumentar a confiabilidade e a consistência dos estudos científicos publicados.</p> <p>O artigo deve ser enviado exclusivamente por esta página eletrônica com uma semana de antecedência para que haja tempo de realizar as revisões do texto e de elaborar o layout do mesmo para a sua publicação nesta revista.</p> <p><strong>FLUXO EDITORIAL DOS ARTIGOS (Tempo estimado: 3 a 4 semanas)</strong></p> <ol> <li class="show">Recepção do artigo</li> <li class="show">Revisão (Desk Review) da versão 1 do texto em 2(dois) dias úteis – caso necessite correções voltará para o autor que terá 24h para as alterações solicitadas e para fazer o upload dos arquivos corrigidos;</li> <li class="show">Revisão por pares (Peer Review) da versão 2 do texto no período de 1 a 2 semanas;</li> <li class="show">Assim que o artigo revisado retornar aos autores, estes terão o prazo de 1 semana para devolvê-lo com as correções solicitadas;</li> <li class="show">No caso de aceitação do artigo, a publicação ocorrerá na seção designada em até 5 (cinco) dias úteis.</li> </ol> <p><img src="/revistaccs/public/site/images/ojs/Fluxo_editorial1.png"></p> <p>Será um processo rápido&nbsp;que demanda colaboração do autor para que o texto submetido siga as normas a seguir, de forma a não ocupar a equipe da Revista com texto de baixa qualidade ou com conteúdo de pouco interesse no momento.</p> <p>&nbsp;</p> <p><strong>NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DO ARTIGO</strong></p> <p>- O texto não poderá exceder a 10.000 caracteres com espaço, espaçamento entre linhas de 1,5, fonte Times New Roman, margens 2,5 em todos os lados, alinhamento justificado.</p> <p>- Máximo de 2 figuras/tabelas/imagens/quadros em resolução adequada para publicação. Caso não seja autor a figura, deverá inserir a fonte e caso necessário, obter autorização de publicação.</p> <p>- Sugere-se seguir este roteiro básico que poderá ser em texto corrido. Os autores podem distribuir livremente os 10.000 caracteres (com espaço) entre as partes do artigo.</p> <p><strong>Título: no máximo 100 caracteres com espaço</strong></p> <p><strong>Resumo</strong></p> <p>Apresentação geral do trabalho em até 200 palavras, que não serão contabilizadas no número de caracteres do artigo.</p> <p><strong>Introdução</strong></p> <p>Abordar os antecedentes científicos e a relevância do estudo a saúde pública nacional e local. Explicar por que essa publicação é importante e que pergunta(s) será(ão) respondida.</p> <p><strong>Métodos</strong></p> <p>Descreva o desenho do estudo, o ambiente (como comunidade, clínica, hospital), participantes do estudo, as técnicas analíticas e / ou de intervenção e medidas de resultado. A metodologia poderá ser flexível quando se tratar de reflexões mais amplas sem dados quanti ou qualitativos.</p> <p><strong>Resultados</strong></p> <p>Apresentar os principais resultados quantitativos e/ou qualitativos, acompanhados por intervalos de confiança ou níveis de significância dos testes estatísticos, conforme apropriado. Tanto resultados negativos como positivos podem ser interessantes, mas precisam estar relacionados com o objetivo e questão a que o artigo se baseia. Se apropriado, declare que os resultados são preliminares. A depender dos resultados encontrados, recomenda-se incluir a "Discussão" no artigo.</p> <p><strong>Conclusões</strong></p> <p>Declare apenas as conclusões diretamente suportadas pelos dados. As conclusões poderão ser reflexões sobre saúde pública ou recomendações de ações a serem implementadas ou outras proposições. A título de sugestões, podem ser divididas em:</p> <ol> <li class="show">Iniciativas que melhoraram a prevenção ou outras atividades de saúde pública;</li> <li class="show">Desenvolvimento de procedimentos, políticas ou legislação;</li> <li class="show">Implementação e fortalecimento dos sistemas de vigilância em saúde pública.</li> </ol> <p>Destaque a magnitude do impacto na saúde pública relatando o processo de indicadores de produto /resultado (como número de pessoas tratadas, quantidade de recursos comprometidos, evidências de melhorias, mudanças de comportamento etc.). Descreva as maneiras pelas quais as ações de saúde pública foram inovadoras.</p> <p>Ademais, para despertar o interesse na leitura da publicação:</p> <ol> <li class="show">Certifique-se de que as imagens e figuras são de boa qualidade</li> <li class="show">Certifique-se que todas as figuras/tabelas/imagens/quadros são legíveis</li> <li class="show">Envie o artigo e imagens/quadros/tabelas/figuras em arquivos separados</li> <li class="show">Envie uma proposta de parágrafo de entrada (curto, claro e que chame a atenção)</li> <li class="show">Envie uma proposta de imagem para a entrada (que represente o assunto tratado)</li> <li class="show">Referências: seguir as normas da revista CCS (Norma Vancouver)</li> </ol> <p>&nbsp;Vale lembrar que até o fechamento da edição desse Suplemento especial (previsto para julho de 2020), qualquer leitor que seja especialista na temática abordada em algum artigo publicado <strong>poderá questionar ou fazer alguma contribuição acadêmica</strong> aos respectivos autores enviando um e-mail diretamente a eles com cópia para os editores da revista.</p> <p>Em caso de dúvidas, contacte a CCS pelo email revistaccs.escs@gmail.com ou revistaccs@escs.edu.br</p> 2020-05-13T23:44:55+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/23 Chamada Pública: Revista Comunicação em Ciências da Saúde publicará preprints sobre a COVID - 19 2020-03-27T19:16:46+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p><span style="font-weight: 400;">Em publicações acadêmicas, os&nbsp;</span><em><span style="font-weight: 400;">preprint</span></em><span style="font-weight: 400;">&nbsp;são uma versão dos manuscritos antes da avaliação por pares, os quais certificam ou não sua publicação formal em um periódico. Segundo informações obtidas no repositório digital&nbsp;</span><em><span style="font-weight: 400;">Scielo</span></em><span style="font-weight: 400;">, listamos abaixo as vantagens desse formato:</span></p> <ul> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Acesso aberto de forma imediata ao artigo.</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Divulgação pública de trabalhos recentes e ‘invisíveis’, como as teses e bolsas de doutorado.</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Obter mais comentários sobre seu trabalho por parte outros pesquisadores.</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Data certa de quando sua pesquisa se torna pública, para estabelecer prioridades.</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Avançar ao ritmo da ciência.</span></li> </ul> <p><span style="font-weight: 400;">O artigo deve ser enviado exclusivamente por esta página eletrônica com uma semana de antecedência para que haja tempo de realizar as revisões do texto e de elaborar o layout do mesmo para a sua publicação nesta revista.</span></p> <p><span style="font-weight: 400;">O fluxo editorial seguirá os seguintes passos:</span></p> <ol> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Recepção do artigo</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Revisão da versão 1 do texto em 48h – caso necessite de correções voltará para o autor que terá 24h para corrigir</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Revisão da versão 2 do texto em 24h</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Publicação do artigo na seção</span></li> </ol> <p><span style="font-weight: 400;">Será um processo rápido&nbsp;que demanda colaboração do autor para que o texto submetido siga as normas a seguir, de forma a não ocupar a equipe da Revista com texto de baixa qualidade ou com conteúdo de pouco interesse no momento.</span></p> <p>&nbsp;</p> <p><strong>NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DO ARTIGO</strong></p> <p><span style="font-weight: 400;">- O texto não poderá exceder a 10.000 caracteres com espaço, espaçamento entre linhas de 1,5, fonte Times New Roman, margens 2,5 em todos os lados, alinhamento justificado.</span></p> <p><span style="font-weight: 400;">- Máximo de 2 figuras/tabelas/imagens/quadros em resolução adequada para publicação. Caso não seja autor a figura, deverá inserir a fonte e caso necessário, obter autorização de publicação.</span></p> <p><span style="font-weight: 400;">- Sugere-se seguir este roteiro básico que poderá ser em texto corrido. Os autores podem distribuir livremente os 10.000 caracteres (com espaço) entre as partes do artigo.</span></p> <p><strong>Título: no máximo 100 caracteres com espaço</strong></p> <p><strong>Resumo</strong></p> <p>Apresentação geral do trabalho em até 200 palavras, que não serão contabilizadas no número de caracteres do artigo.</p> <p><strong>Introdução</strong></p> <p><span style="font-weight: 400;">Abordar os antecedentes científicos e a relevância do estudo a saúde pública nacional e local. Explicar por que essa publicação é importante e que pergunta(s) será(ão) respondida.</span></p> <p><strong>Métodos</strong></p> <p><span style="font-weight: 400;">Descreva o desenho do estudo, o ambiente (como comunidade, clínica, hospital), participantes do estudo, as técnicas analíticas e / ou de intervenção e medidas de resultado. A metodologia poderá ser flexível quando se tratar de reflexões mais amplas sem dados quanti ou qualitativos.</span></p> <p><strong>Resultados</strong></p> <p><span style="font-weight: 400;">Apresentar os principais resultados quantitativos e/ou qualitativos, acompanhados por intervalos de confiança ou níveis de significância dos testes estatísticos, conforme apropriado. Tanto resultados negativos como positivos podem ser interessantes, mas precisam estar relacionados com o objetivo e questão a que o artigo se baseia. Se apropriado, declare que os resultados são preliminares.</span></p> <p><strong>Conclusões</strong></p> <p><span style="font-weight: 400;">Declare apenas as conclusões diretamente suportadas pelos dados. As conclusões poderão ser reflexões sobre saúde pública ou recomendações de ações a serem implementadas ou outras proposições. A título de sugestões, podem ser divididas em:</span></p> <ol> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">&nbsp;Iniciativas que melhoraram a prevenção ou outras atividades de saúde pública;</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">&nbsp;Desenvolvimento de procedimentos, políticas ou legislação;</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Implementação e fortalecimento dos sistemas de vigilância em saúde pública.</span></li> </ol> <p><span style="font-weight: 400;">Destaque a magnitude do impacto na saúde pública relatando o processo de indicadores de produto /resultado (como número de pessoas tratadas, quantidade de recursos comprometidos, evidências de melhorias, mudanças de comportamento etc.). Descreva as maneiras pelas quais as ações de saúde pública foram inovadoras.</span></p> <p><span style="font-weight: 400;">Ademais, para despertar o interesse na leitura da publicação:</span></p> <ol> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Certifique-se de que as imagens e figuras são de boa qualidade</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Certifique-se que todas as figuras/tabelas/imagens/quadros são legíveis</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Envie o artigo e imagens/quadros/tabelas/figuras em arquivos separados</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Envie uma proposta de parágrafo de entrada (curto, claro e que chame a atenção)</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Envie uma proposta de imagem para a entrada (que represente o assunto tratado)</span></li> <li class="show" style="font-weight: 400;"><span style="font-weight: 400;">Referências: seguir as normas da revista CCS (Norma Vancouver)</span></li> </ol> <p>Em caso de dúvidas, contacte a CCS pelo email revistaccs@escs.edu.br</p> 2020-03-27T19:16:46+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/22 Chamada Pública: UnB abre chamada para pesquisas sobre a COVID-19 2020-03-27T19:00:22+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p><strong>Dos Decanatos de Pesquisa e Inovação (DPI) e de Extensão (DEX) 25/03/2020 &nbsp;</strong><br>O Decanato de Pesquisa e Inovação (DPI) e o Decanato de Extensão (DEX), juntamente com o Comitê de Pesquisa, Inovação e Extensão de combate à Covid-19 da Universidade da Brasília, tornam pública a <a href="http://www.dpi.unb.br/en/editais/chamada-dpi-dex-combate-a-covid-19" target="_blank" rel="noopener">Chamada Prospectiva de Propostas de Projetos e Ações de Pesquisa, Inovação e Extensão para o combate à Covid-19.</a><br><br>A Chamada, enviada às unidades pelo processo SEI 23106.030288/2020-16, tem como finalidade viabilizar, por meio de financiamento interno e/ou externo, a execução de projetos e ações, de quaisquer tipos e modalidades, nas diversas áreas do conhecimento, contra a pandemia.<br><br>A proposta deve ser submetida por servidor público (docente ou técnico administrativo) pertencente ao Quadro Permanente da UnB, que será o coordenador. As propostas podem ter participantes externos, tais como pesquisadores, discentes, técnicos, integrantes de empresas juniores, startups e outras empresas, ou servidores de outros órgãos.<br><br>Cronograma de atividades:<br><br>Submissão das propostas por meio do formulário on-line: até as 12h do dia 30/03/2020<br><br>Publicação da lista de inscritos: até as 14h do dia 30/03/2020<br><br>Questionamentos quanto à inscrição: até as 12h do dia 31/03/2020<br><br>Resultado das propostas aprovadas: a partir das 12h do dia 01/04/2020<br><br>Acesso à Chamada.<br><br>Dúvidas podem ser enviadas para&nbsp;<a href="mailto:dpi@unb.br" target="_blank" rel="noopener">dpi@unb.br</a>.<br><br>Esperamos a participação da comunidade acadêmica no enfrentamento à pandemia. A Universidade de Brasília envidará esforços, na medida do possível, para disponibilização de financiamento interno e externo para as propostas aprovadas, através de parcerias.<br><br>&nbsp;<br><br><strong>Mais a respeito:</strong><br><em><strong>Reitora alinha parceria com instituições de pesquisa do D</strong></em>F<br>Ato da Reitoria cria Comitê de Pesquisa e Inovação para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do coronavírus<br><br>ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.</p> 2020-03-27T19:00:22+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/21 Conteúdo: Avaliação por pares não é apenas controle de qualidade, é parte integrante da infraestrutura social da pesquisa 2020-03-06T18:55:14+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p>Acredito que isso também revela um profundo mal-entendido sobre o que realmente é esta instituição. Por exemplo, a visão geral é de que a avaliação por pares é um mecanismo de triagem de qualidade para os periódicos acadêmicos e é frequentemente estudada como tal. Em resumo, se os manuscritos tivessem uma qualidade objetiva intrínseca, pareceristas e editores precisariam ser suficientemente inteligentes, desinteressados e imparciais para reconhecê-la. Os manuscritos de alta qualidade apareceriam em periódicos de prestígio, os de qualidade média encontrariam o caminho nos menos prestigiosos, enquanto a ciência sinistra simplesmente não passaria pelo filtro ou alimentaria periódicos predatórios&nbsp;<em>on-line</em>. Muitas pesquisas medem a qualidade do processo em termos de desacordo com o parecerista: quanto maior a discordância, maior a evidência do viés subjetivo destes. Três especialistas não podem ter opiniões diferentes sobre um manuscrito porque a qualidade é uma propriedade intrínseca do manuscrito, ele fala por si. A opinião de especialistas deve ser consistente. Isso é o que todos esperam de uma avaliação por pares robusta e sólida. Há alguma verdade nesta visão, pelo menos é coerente com a natureza organizacional hierárquica estratificada de prestígio e valor acadêmico.</p> <p>No entanto, a avaliação por pares também é algo mais, se não algo completamente diferente, em primeira instância. Além de ser um dispositivo de controle de qualidade, a avaliação por pares é um esforço distribuído para reconhecer e aumentar o valor dos manuscritos e, portanto, é inerentemente “construtivo”. É simultaneamente um contexto no qual especialistas desenvolvem, adaptam e impõem padrões de julgamento, uma forma de conexão e cooperação (direta e indireta), um discurso disciplinado e mediado entre especialistas (geralmente não relacionados) em um ambiente “seguro” (embora muitas vezes desorganizado e ambíguo). E, portanto, é inerentemente “social”. Se isso for verdade, a avaliação por pares não pode ser vista como um “jogo de adivinhação” sobre a qualidade objetiva dos manuscritos. Ao contrário de uma ação, como pessoas que adivinham o peso de um boi, que tanto fascinou o cientista britânico Francis Galton no início dos anos 1900, não há peso ou valor pré-estabelecido e inequívoco que possa ser atribuído a um trabalho de pesquisa.</p> <p>Em um recente projeto colaborativo de larga escala “PEERE”, tentamos explorar estas visões alternativas sobre a avaliação por pares e estimular um debate sobre as múltiplas funções e os constituintes da avaliação por pares como uma instituição social complexa.</p> <p>Por exemplo, em um artigo publicado em&nbsp;<em>Scientometrics</em><sup>1</sup>, rastreamos todos os manuscritos rejeitados por um periódico e localizamos sua publicação subsequente em outros veículos. Descobrimos que manuscritos rejeitados que foram publicados posteriormente em outros periódicos se beneficiaram em termos de citações subsequentes por serem expostos a mais de uma rodada de revisões antes da rejeição, depois de ter recebido um relatório mais detalhado do parecerista e, mais importante, tendo sido submetido a uma maior discordância dos pareceristas do periódico que o rejeitou. Alguns deles foram publicados em periódicos com um fator de impacto maior que o periódico que inicialmente rejeitou o manuscrito. Isso sugere que a avaliação por pares pode ser considerada um “multiplicador de valor” e que a discordância do parecerista e mais rodadas de revisão não são sintomas de julgamento inconsistente do parecerista, mas podem, ao invés, ajudar os autores a melhorar seus manuscritos.</p> <p>Em um artigo mais recente publicado no&nbsp;<em>Journal of Informetrics</em><sup>2</sup>, usamos o termo “mão invisível” da avaliação por pares para descrever como o processo é uma conexão entre acadêmicos experientes em primeiro lugar. Mapeamos as conexões entre todos os pesquisadores que submeteram e/ou revisaram manuscritos para um periódico multidisciplinar, seguindo rigorosamente avaliação por pares duplo-cego. A ideia era medir as respectivas posições na estrutura de rede da comunidade antes e depois de serem correspondidas pela avaliação por pares cega. Descobrimos que os pareceristas tendiam a recomendar mais positivamente submissões de autores que estavam dentro de três posições em sua rede de colaboração antes de o editor do periódico concordar com eles. Descobrimos que quando estes pareceristas mais próximos exigiam, ou seja, solicitavam revisões substanciais, os manuscritos, quando publicados, eram mais citados. Mais interessante, descobrimos que as posições da rede de coautoria mudaram após a avaliação por pares, com as distâncias de colaboração entre os cientistas diminuindo mais rapidamente do que se poderia esperar se as mudanças fossem aleatórias. Encontramos casos de pareceristas colaborando diretamente com autores cujos artigos eles revisaram anteriormente, com os quais não estavam relacionados anteriormente. Também encontramos casos em que estes padrões de colaboração&nbsp;<em>ex-post</em>&nbsp;não foram determinados pela publicação do manuscrito. A colaboração futura era mais provável, mesmo quando os manuscritos foram finalmente rejeitados e, portanto, os pareceristas não sabiam o nome dos autores. Isso sugere que a avaliação por pares não apenas reflete, mas também cria e acelera a colaboração científica. Se isso for verdade, o verdadeiro “viés” não é a subjetividade do julgamento de especialistas, mas a falta de diversidade e representatividade na seleção de pareceristas.</p> <p>Em resumo, estes são apenas exemplos de uma tentativa de analisar a avaliação por pares de uma maneira mais coerente com a dimensão histórica, social e política desta instituição. Como nos lembram historiadores como Alex Czizar, a avaliação por pares reflete o status público da ciência e sempre teve múltiplas funções e dimensões. Estudá-la apenas como um contexto de triagem de qualidade não justifica a complexidade desta instituição-chave em torno da qual se constrói a autonomia, legitimidade e credibilidade da ciência.</p> <h3>Notas</h3> <p>1. CASNICI, N. Assessing peer review by gauging the fate of rejected manuscripts: the case of the Journal of Artificial Societies and Social Simulation.&nbsp;<em>Scientometrics</em>&nbsp;[online]. 2017, vol. 113, no. 1, pp. 533-546 [viewed 15 January 2020]. DOI:&nbsp;<a href="https://doi.org/10.1007/s11192-017-2241-1" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">10.1007/s11192-017-2241-1</a>. Available from:&nbsp;<a href="https://link.springer.com/article/10.1007/s11192-017-2241-1" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">https://link.springer.com/article/10.1007/s11192-017-2241-1</a></p> <p>2. DONDIO, P. The “invisible hand” of peer review: The implications of author-referee networks on peer review in a scholarly jornal.&nbsp;<em>Journal of Informetrics</em>&nbsp;[online]. 2019, vol. 13, no. 2, pp. 708-716 [viewed 15 January 2020]. DOI:&nbsp;<a href="https://doi.org/10.1016/j.joi.2019.03.018" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">10.1016/j.joi.2019.03.018</a>. Available from:&nbsp;<a href="https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1751157718304206" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1751157718304206</a></p> <h3>Referências</h3> <p>CASNICI, N. Assessing peer review by gauging the fate of rejected manuscripts: the case of the Journal of Artificial Societies and Social Simulation.&nbsp;<em>Scientometrics</em>&nbsp;[online]. 2017, vol. 113, no. 1, pp. 533-546 [viewed 15 January 2020]. DOI:&nbsp;<a href="https://doi.org/10.1007/s11192-017-2241-1" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">10.1007/s11192-017-2241-1</a>. Available from:&nbsp;<a href="https://link.springer.com/article/10.1007/s11192-017-2241-1" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">https://link.springer.com/article/10.1007/s11192-017-2241-1</a></p> <p>CSISZAR, A. Peer review: Troubled from the start [online]. Nature. 2016 [viewed 15 January 2020]. Available from:&nbsp;<a href="https://www.nature.com/news/peer-review-troubled-from-the-start-1.19763" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">https://www.nature.com/news/peer-review-troubled-from-the-start-1.19763</a></p> <p>DONDIO, P. The “invisible hand” of peer review: The implications of author-referee networks on peer review in a scholarly jornal.&nbsp;<em>Journal of Informetrics</em>&nbsp;[online]. 2019, vol. 13, no. 2, pp. 708-716 [viewed 15 January 2020]. DOI:&nbsp;<a href="https://doi.org/10.1016/j.joi.2019.03.018" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">10.1016/j.joi.2019.03.018</a>. Available from:&nbsp;<a href="https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1751157718304206" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1751157718304206</a></p> <h3>Links externos</h3> <p>Behave Lab &lt;<a href="http://www.behavelab.org/" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">http://www.behavelab.org/</a>&gt;</p> <p>Flaminio Squazzoni – Twitter &lt;<a href="https://twitter.com/squazzoni" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">https://twitter.com/squazzoni</a>&gt;</p> <p>PEERE &lt;<a href="https://www.peere.org/" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">https://www.peere.org/</a>&gt;</p> <p>The Journal of Artificial Societies and Social Simulation &lt;<a href="http://jasss.soc.surrey.ac.uk/JASSS.html" target="_blank" rel="noreferrer noopener" aria-label=" (opens in a new tab)">http://jasss.soc.surrey.ac.uk/JASSS.html</a>&gt;</p> 2020-03-06T18:55:14+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/14 Submissão de artigos resultantes de Mestrados Profissionais se encerrará em 31 de janeiro 2020-01-13T20:44:53+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2020-01-13T20:44:53+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/13 CHAMADA PÚBLICA: Submissão de artigos para edição temática sobre "Mestrados Profissionais em Saúde" 2019-11-25T19:04:37+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p class="N-ZiCg direction-ltr align-justify para-style-body">O Conselho de Política Editorial do periódico Comunicação em Ciências da Saúde – CCS&nbsp; informa que está aberta, <strong>até 30 DE JANEIRO DE 2020</strong>, <strong>CHAMADA PÚBLICA</strong>&nbsp;com vistas à recepção de artigos científicos inéditos para compor edição temática do Volume 31, número 01, ano 2020, sobre o tema: "Mestrados Profissionais em Saúde", que reflitam produções e produtos dos programas de mestrado profissional em saúde nacionais e internacionais.</p> <p class="N-ZiCg direction-ltr align-justify para-style-body">Para as regras de publicação, acesse:</p> <p class="N-ZiCg direction-ltr align-justify para-style-body">&nbsp;</p> <p class="N-ZiCg direction-ltr align-center para-style-body"><a href="https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/about/submissions" target="_blank">https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/about/submissions</a></p> <p class="N-ZiCg direction-ltr align-center para-style-body">&nbsp;</p> <p class="N-ZiCg direction-ltr align-justify para-style-body">A CCS aceita trabalhos inéditos sob a forma de artigos originais, ensaios, revisão integrativa, revisão sistemática, relato de experiência, narrativas, artigos de opinião, resenhas de livros de interesse acadêmico, político e social, além de protocolos clínicos e políticas e programas de saúde, podendo ser submetidos em português, inglês ou espanhol.&nbsp;</p> <p class="N-ZiCg direction-ltr align-justify para-style-body">&nbsp;</p> <p class="N-ZiCg direction-ltr align-justify para-style-body"><strong>Conselho de Política Editorial</strong></p> <p class="N-ZiCg direction-ltr align-justify para-style-body"><strong>Comunicação em Ciências da Saúde - CCS</strong></p> <p class="N-ZiCg direction-ltr align-justify para-style-body"><strong>Coordenação de Pesquisa e Comunicação em Saúde – CPECC/ESCS</strong></p> 2019-11-25T19:04:37+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/11 ABEC Meeting 2019 reúne editores, revisores e bibliotecários para discutir os desafios da publicação científica 2019-09-30T14:56:33+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2019-09-30T14:56:33+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/10 LANÇADO EDITAL DE FOMENTO À PESQUISA DA FEPECS 2019-09-05T12:18:02+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2019-09-05T12:18:02+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/9 ABERTAS INSCRIÇÕES COM DESCONTO PARA ABEC MEETING 2019 2019-07-24T14:06:01+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2019-07-24T14:06:01+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/8 INSCRIÇÕES GRATUITAS PARA II ENCONTRO DE EDITORES CIENTÍFICOS NA UNICAMP 2019-07-24T14:01:53+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2019-07-24T14:01:53+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/7 UNESCO lança Aliança Global de Plataformas de Comunicação Científica em Acesso 2019-04-29T15:04:35+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2019-04-29T15:04:35+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/6 ABEC lança tema do Meeting 2019 2019-04-01T13:44:09+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2019-04-01T13:44:09+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/5 Global Summit será realizada em São Paulo sobre Telemedicina e Saúde Digital 2019-03-28T14:04:20+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2019-03-28T14:04:20+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/4 Prazo para submissão de artigos sobre Inovação em Saúde é prorrogado 2019-03-01T20:47:25+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2019-03-01T20:47:25+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/3 Abertas as inscrições para 39º Prêmio José Reis de Divulgação Científica e Tecnológica do CNPq 2019-02-27T19:29:16+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde 2019-02-27T19:29:16+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/2 ABEC Meeting 2019 acontecerá em Setembro 2019-02-22T18:23:34+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p>Visando atender às expectativas dos participantes, preparamos uma programação abrangente buscando oferecer desde os fundamentos da editoração científica, até o debate de tópicos mais avançados alinhados com o cenário internacional.</p> <p>Por meio de palestras, mesas redondas, minicursos, oficinas e rodas de conversa, o ABEC MEETING 2019 propiciará aos participantes um ambiente para troca de experiência e compartilhamento de conhecimento. Serão disponibilizadas informações sobre as melhores práticas editoriais internacionais e as ferramentas mais utilizadas, contribuindo assim na formação daqueles envolvidos com a produção de um periódico científico.</p> <p>Durante o ABEC MEETING 2019 teremos a&nbsp;<a href="http://meeting19.abecbrasil.org.br/index.php/sessao-de-posteres/">Sessão de Pôsteres</a>, com apresentação oral dos trabalhos aprovados na sessão Meu pôster em 1 minuto, a 10<sup>a</sup>&nbsp;Edição do&nbsp;<a href="http://meeting19.abecbrasil.org.br/index.php/editor-do-futuro/">Prêmio Editor do Futuro</a>&nbsp;e a oportunidade de cumprir requisitos do&nbsp;<a href="http://meeting19.abecbrasil.org.br/index.php/procpc/">Programa de Certificação em Publicação Científica</a>.</p> <p>A equipe do ABEC Meeting 2019 classificará os participantes conforme as áreas de atuação. Identifique seus pares por meio das cores nos cordões dos crachás e aproveite ao máximo o encontro para troca de ideias com pesquisadores da sua área e de experiências com editores de todas.</p> <p>Os inscritos no primeiro lote, receberão a caneca do evento. Aproveite para complementar ou iniciar sua coleção.</p> <p>A abertura do prazo para inscrições será divulgada pelo site oficial da <a href="https://www.abecbrasil.org.br/" target="_blank">Associação</a>.</p> <p>Para saber sobre valores de investimentos,&nbsp;<a href="http://meeting19.abecbrasil.org.br/index.php/investimento/">clique aqui.</a></p> <p>Edição: Luísa Peters</p> 2019-02-22T18:23:34+00:00 https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/announcement/view/1 CHAMADA PÚBLICA PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA NÚMERO TEMÁTICO 2019-01-29T20:06:57+00:00 Comunicação em Ciências da Saúde <p><strong>CHAMADA PÚBLICA PARA RECEPÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS PARA NÚMERO TEMÁTICO SOBRE “DESAFIOS DA INOVAÇÃO EM SAÚDE” </strong></p> <p><strong>&nbsp;</strong></p> <p><strong>&nbsp;</strong></p> <p>O Conselho de Política Editorial do periódico científico Comunicação em Ciências da Saúde – CCS, uma publicação trimestral, indexada, especializada e vinculada à Escola Superior de Ciências da Saúde – ESCS, no uso de suas atribuições, informa estar aberta a <strong>CHAMADA PÚBLICA</strong> com vistas à recepção de artigos científicos inéditos para compor edição relativa ao Volume 30, número 02, ano 2019, sobre o tema: DESAFIOS DA INOVAÇÃO EM SAÚDE.</p> <p>O prazo para submissão de trabalhos é até às 23:59 (vinte e três horas e cinquenta e nove minutos) do dia 1º de março de 2019. Para as regras de publicação, acesse <a href="https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/about/submissions">https://revistaccs.escs.edu.br/index.php/comunicacaoemcienciasdasaude/about/submissions</a>.</p> <p>A CCS aceita trabalhos inéditos sob a forma de artigos originais, ensaios, revisão integrativa, revisão sistemática, relato de experiência, narrativas, artigos de opinião, resenhas de livros de interesse acadêmico, político e social, além de protocolos clínicos e políticas e programas de saúde, podendo ser submetidos em português, inglês ou espanhol.</p> <p>&nbsp;</p> <p><strong>Conselho de Política Editorial</strong></p> <p><strong>Comunicação em Ciências da Saúde - CCS</strong></p> <p><strong>Coordenação de Pesquisa e Comunicação em Saúde – CPECC/ESCS</strong></p> <p>&nbsp;</p> <p>&nbsp;</p> 2019-01-29T20:06:57+00:00